O início de uma nova dinastia na NBA

10:10 Net Esportes 4 Comments

Seria ainda mais incrível e extraordinário se Michael Jordan tivesse ganho oito títulos consecutivos e não seis títulos em oito anos. Seria mais normal comparar LeBron James com Michael Jordan ou melhor ainda se o assunto fosse o mesmo Chicago Bulls de Jordan, sem dúvida alguma o melhor time do Leste nesse ano que poderia até ser campeão se Derrick Rose não tivesse se machucado. Mas a inevitável comparação pega um avião e vai lá para o Oeste, na pequenina cidade de Oklahoma, que tem menos de 600 mil moradores, que tem um notável cidadão que pode estar ajudando a sua equipe na NBA a conseguir algo que nem mesmo Michael Jordan conseguiu. Esse pode ser o nascimento de uma nova dinastia no basquete americano.

Michael Jordan foi a escolha número um no draft de 1984. Novato do ano, ele já levou sua equipe aos playoffs onde perdeu para o Milwaukee Bucks. Nos dois anos seguintes a classificação veio à duras penas, sempre na oitava colocação, sempre concontrando o Boston Celtics pela frente que sempre chegava na grande decisão. Em 1988, no seu quarto ano de NBA, o Bulls de Jordan perdeu na semifinal da Conferência e em 1989, um ano antes da chegada do técnico Phill Jackson, a derrota aconteceu na final da Conferência diante do mesmo algoz, assim como em 1990 também. Seis anos e apenas dois "quase", Michael Jordan estabeleceu sua dinástia na NBA com o Bulls, mas isso começou apenas em 1991, no seu sétimo ano de NBA.

A pergunta que cabe é se precisa mesmo haver um novo Jordan e uma nova dinastia como a do Bulls. Kobe Bryant com o mesmo Phill Jackson? Tim Duncan? O dia em que LeBron James vai jogar ou o sétimo ano de Derrick Rose para ele começar como o mestre? Talvez nada disso, talvez a resposta seja um jovem de 23 anos (opa! a camisa do Jordan era número 23), que está arrebentando e já arrebentou até pela Seleção americana, que promete ser um dos grandes nomes nas Olimpíadas de Londres 2012. Kevin Durant com o Oklahoma City Thunder. Um jogador que nem foi a primeira escolha do draft de 2007, o Portland TrailBlazers chora até hoje. Um jogador que em seus dois primeiros anos quando o time se chamava Seattle SuperSonics nem chegou nos playoffs. Mas um jogador que agora pode ser campeão em seu quinto ano de NBA, algo que nem Michael Jordan conseguiu.

Em 2008 quando era Sonics o time nem chegou nos playoffs e a mesma coisa aconteceu no ano seguinte, quando já era Thunder. A partir de 2010, quando Kevin Durant já tinha a compania de Russell Westbrook, James Harden e até Serge Ibaka e Thabo Sefolosha, que ficavam no banco, o Thunder começou a melhorar de tal forma que as derrotas serviam como um aprendizado para uma melhora que acabou acontecendo bem antes do que seria normal para uma equipe tão jovem, talvez até impossível e inesperado. Era o terceiro ano de NBA para Durant e a oitava colocação como o terceiro ano de Jordan no Bulls. E assim como o Bulls perdeu para o Celtics, o Thunder perdeu do Lakers, que acabaria campeão como o Celtics. Até aí tudo igual, mas no ano seguinte tudo mudou.

Ibaka e Sefolosha viraram titulares e ainda chegou o Kendrick Perkins. Em 1988 o Bulls perdeu para o Detroit Pistons na semifinal da Conferência Leste, no quarto ano de Michael Jordan na NBA. O Thunder em 2011 só foi perder para o Dallas Mavericks na final da Conferência Oeste, no quarto ano de Kevin Durant na NBA. Como seria a dinástia do Bulls se fossem campeões no quinto ano de Jordan de NBA? Pode haver mesmo o início de uma dinastia se o Thunder for campeão no quinto ano de Kevin Durant na NBA? Diante do San Antonio Spurs, que venceu cinco títulos desde 1999, eles mostram e provam que essa possibilidade não é nenhum absurdo. Título da Conferência Oeste em seu quinto ano de NBA. Durant conseguiu na noite de ontem fazer o que nem Jordan fez, e de uma forma realmente incrível.

Três anos seguidos sendo o cestinha na temporada regular, isso nem lhe vale o prêmio de MVP da temporada. Os derrotados na primeira rodada e semifinal de Conferência foram respectivamente Dallas e Lakers, justamente os dois algozes dos dois anos anteriores. Perder para o Spurs na final da Conferência seria natural, afinal desde 1999 apenas Spurs, Lakers e Mavs chegaram na final da NBA. Mas o Thunder não sucumbiu novamente diante dos maiores do Oeste dos últimos dez anos, ou teria sido subestimado demais? Sem falar que jogando em casa nos playoffs deste ano foram oito partidas e oito vitórias, sem falar que o Spurs vinha de 20 vitórias seguidas neste ano, sendo duas justamente contra o Thunder nos dois primeiros jogos da série. Mas Thunder teve calma e virou como apenas 15 times haviam feito na história dos playoffs da NBA. O Thunder mostrou que nunca ter sido campeão não é problema, até o Chicago Bulls já foi assim. Durant mostrou que pode ser um novo Jordan, mostrou que podemos testemunhar o surgimento de uma nova dinastia na NBA. E quem vindo do Leste poderia impedir isso? (Foto: Michael Heiman/Getty Images)

4 comentários:

Ron Groo disse...

Será? Durant carregando uma nova dinastia? To pagando pra ver.
E ser for, vou adorar...
Mas pra comparar com Jordan acho que falta feijão.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Apenas suposições Groo. O Heat tá jogando com a faca nos dentes e sangue nos olhos. Se o Chris Bosh não volta acho que eles não passavam do Celtics, mas com trio são muito fortes. O OKC é um time muito jovem, pode perder muito nesse quesito, mas se for campeão o Durant o fará em seu quarto ano de NBA, bem antes do Jordan. A comparação é apenas nesse quesito, deixando a história da dinasia e títulos nos próximos anos apenas como uma suposição ....

Luiz Paulo Knop disse...

To de volta! Ou i´m back, como diria Jordan... o bicho tá pegando e não to conseguindo dar muita atenção ao mundo esportivo.. mas vamos lá!

Não acredito em uma dinastia do Thunder, apesar de estar torcendo por eles, pelo ineditismo do título e por achar Lebron marrento em excesso.

Durant é fenômeno, o cara vai entrar pra história, mais ainda se não fizer igual o menino de Cleveland-Miami...

Já vale até um pedido: Não saia do Thunder nunca Durant!

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

Net Esportes disse...

@Luiz: Se for campeão esse ano será meio caminho andado para nunca sair do Thunder ... O LeBron saiu porque jamais seria campeão no Cleveland, e mesmo assim ele até agora ainda não foi campeão ....