Definitivamente Serena Williams está de volta

14:27 Net Esportes 0 Comments

Já faz algum tempo e era apenas o seu segundo ano como profissional, quando tinha somente 18 anos de idade. Uma época relativamente tão distante que com execessão das duas primeiras adversárias, todas as outras foram renomadas jogadoras do circuito WTA. Incluindo Kim Clijsters, que foi um páreo duro na terceira rodada. Sem falar em Cinchita Martínez nas oitavas-de-final, Monica Seles nas quartas-de-final e Lindsey Davenport na semifinal, sendo que todos esses jogos foram decididos em três sets. O mundo era apresentado à Serena Williams, que em casa, no US Open, conquistava o seu primeiro título de Grand Slam quando não deu qualquer chance para Martina Hingis na grande decisão.

Desde então 23 anos se passaram, Serena ganhou inúmeros outros títulos e dominou o circuito junto com a irmã mais velha Venus Williams. Mas mesmo que já tivesse ficado até quatro anos sem vencer um Grand Slam antes de não ganhar nenhum no ano passado, parecia que o domínio das americanas tinha se tornado uma história do passado como o título de 1999 em Nova York. Principalmente porque em Flushing Meadows Serena só voltou a vencer outras duas vezes, tendo perdido na decisão pela segunda vez em 2011. Pior do que isso foi a embolia pulmonar que sofreu no início do ano passado, indo parar no hospital, imaginando que talvez nunca mais fosse soltar um grito de campeão como soltou pela primeira vez a tantos anos.

Em 1999 Serena tinha a vantagem de ser desconhecida, mas também era muito mais magra, muito mais veloz e ágil, além de ter apliques no cabelo que o deixavam completamente diferentes do original amarrado que usa nos dias de hoje. O que não muda, porém, é a sua técnica apurada e vontade de vencer acima de tudo. Uma vontade de sempre querer mais e sempre querer o que a irmã já tenha - "Eu tinha que te copiar de novo, desculpe", ela diz durante o agradecimento. Sem falar na raça, nos gritos ferozes que solta quando desfere golpes que certamente terminam em winners. Direitas e esquerdas arrasadoras, aos 30 anos de idade ela ainda tem muito fôlego, muitos aces por fazer e muitos títulos para vencer. Problema para Agnieszka Radwanska.

Uma polonesa jamais havia sido finalista no torneio de Wimbledon. Chegar lá já foi grandioso, mas não precisa perder o primeiro set como se tivesse sido atropelada por um trator desgovernado que nem se preocupava por cima de quem estava passando e triturando. Mas Radwanska considera a grama o seu piso favorito e por isso vence o segundo set antes de perder o terceiro e dar adeus ao sonho. Mais do que isso Agnieszka Radwanska evitou o vexame e valorizou demais o 14º título de Grand Slam conquistado por Serena Williams, quinto só em Wimbledon. Ajudou a americana provar que não venceu porque enfrentou uma jovem sem muita experiência e talento a altura. Tudo que ela possui de sobra desde 1999 e que nunca perdeu, mesmo que tenha passado por momentos ruins. Época difícil que ficou para trá,s porque agora definitivamente Serena Williams está de volta. (Foto: Getty Images)

0 comentários: