Talvez Alonso só precise administrar na F-1

11:10 Net Esportes 1 Comments

Se fala muito em campeonato mais equilibrado de todos os tempos por causa dos sete pilotos diferentes que venceram nas sete primeiras corridas do ano. Mas eu quero ver quatro pilotos chegarem na última corrida com chances de serem campeões. Mais do que isso, quero ver o piloto com menos chances entre os quatro, ou o terceiro favorito, levantar o caneco como já aconteceu. Aí sim poderemos falar em campeonato mais equilibrado e disputado da história. Tudo porque mesmo que a cada dia um carro ande como jamais sonhou em andar na corrida anterior, sempre tem um lá andando como vem andando desde o ano passado, sempre marcando pontos e jamais abandonando uma corrida.

O santo é forte e a sorte parece estar ao seu lado em todos os Grandes Prêmios. É realmente incrível como a chuva aparece na hora certa, seja na corrida ou nos treinos. O acidente que faz o carro de segurança entrar na pista, mesmo que ele fosse dispensável, ou ainda a punição para rivais que ultrapassam por fora da pista. E não tem nada haver com os casos de chicane. Sem falar no seu companheiro de equipe que vive um momento péssimo e tem tudo para ser substituído no ano que vem. Esse é o espanhol Fernando Alonso. O piloto da equipe Ferrari que lidera o campeonato desse ano com uma larga vantagem de quarenta pontos para o segundo colocado Mark Webber. Para ser campeão ele talvez só precisa administrar isso.

Na Fórmula 1 atual a vitória vale 25 pontos. Lewis Hamilton agradece porque superou seus problemas pessoais, como o fim do namoro com a deliciosa Nicole Scherzinger, por exemplo. São muitos pontos, principalmente lembrando que ainda restam nove corridas para o final da temporada, ou seja, são 225 pontos em jogo e até o Karthikeyan pode ser campeão. O problema é que o piloto da Hispânia conseguiu no máximo um 15º lugar, e isso não vale ponto nenhum. Portanto não basta a Lotus colocar seus dois pilotos sete ou oito vezes no pódio, colocá-los juntos como na Hungria neste final de semana. Não basta ao Hamilton voltar a vencer depois de ter marcado pontos em apenas uma de três corridas. É preciso regularidade, ter sétimo e nono lugares como piores resultados, lá no começo do ano. É tudo que Fernando Alonso tem, e para ser campeão ele só precisa administrar isso. (Foto: Arquivo)

1 comentários:

Anônimo disse...

Concordo, Alonso está 40 pontos a frente restando 9 corridas. Daqui pra frente é só cercar o galo, como diria aquele pensador...

abs

Marcelonso