Campeão sossegado no Tour de France

14:06 Net Esportes 0 Comments

Não é de hoje que nitidamente o Giro de Itália se mostra muito mais difícil que o Tour de France. Se não bastasse as aparências, eles ainda colocam os Pirineus depois dos Alpes. Colocam subidas de categoria hour concours no meio das etapas, o que faz a alegria de apenas um ciclista: Thomas Voeckler. A etapa rainha de 197 km, mas terminou em descida, enquanto a etapa decisiva de 143.5 km terminou na subida mais leve do dia. Não da para entender muito o que acontece com os organizadores, principalmente quando lembramos o quanto eles dificultavam as coisas na época do Lance Armstrong. A única coisa possível de se concluir nesse caso é que o Tour de France 2012 viu nada mais nada menos que um campeão sossegado.

Um campeão tão tranquilo que além da vida fácil no percurso, ainda contou com uma indispensável ajuda do seu companheiro de equipe. E nesse caso a equipe Sky, do exímio sprintista Mark Cavendish, não tem muita culpa no cartório. Eles não poderiam escolher Chris Froome como capitão da equipe baseando-se apenas no excelente resultado que ele obteve na Volta da Espanha do ano passado. E nem mesmo imaginar que o ciclista de 27 anos poderia ter evoluído tanto a ponto que fazer esforço para não subir mais rápido do que poderia. Isso não o impediu de vencer uma etapa. Isso o ajudou a ficar com uma bela imagem de companheiro solidário. Olhando para trás e esperando Bradley Wiggins lhe alcançar e levar o título de campeão da forma mais sossegada que alguém poderia imaginar.

Ajuda do companheiro. Percurso fácil. Dois contra-relógios longos, que são uma especialidade de Wiggins e ainda as ausências de Alberto Contador (por doping) e Andy Scheck (lesionado). Sem contar o péssimo desempenho de Cadel Evans e falta de "algo a mais" em Vincenzo Nibali. O Tour de France 2012 não poderia ter sido mais sossegado para Bradley Wiggins. Campeão aos 32 anos de idade, depois de já ter levado prêmio de combatividade em 2007 e ter sido o quarto colocado em 2009. Um ciclista de pista que tem várias medalhas em Olimpíadas e Mundiais. Um ciclista que correu de forma competente e mereceu ser campeão, mas que contou com muitos fatores para que isso acontecesse de uma forma tão sossegada e tão tranquila. Principalmente graças à ao seu fiel escudeiro, compatriota e grande amigo Chris Froome. (Foto: Arquivo)

0 comentários: