Nem Eddie Grant poderia esperar por isso

15:46 Net Esportes 0 Comments

O San Francisco Giants é campeão da World Series de 2012. Os gigantes de São Francisco são o maior time de beisebol do ano. Eles chegaram à sua sétima conquista na história e se igualaram ao Boston Red Sox como o quarto maior vencedor em todos os tempos. E isso aconteceu praticamente logo depois de seu último triunfo, que foi em 2010, justamente depois que haviam ficado 56 anos sem conseguir absolutamente nada. Por essa nem mesmo Eddie Grant poderia esperar. Não pela boa campanha que fizeram na temporada regular, campeões da Divisão, 94 vitórias. Não eram carta fora do baralho, mesmo com Cincinnati Reds e Washington Nationals, companheiros de Liga Nacional, jogando melhor. Mas a forma como tudo aconteceu, foi demasiadamente inesperada.

Por que foi mesmo que o Giants amargou 56 anos de jejum na MLB? Justamente por causa de Eddie Grant. O ex-jogador da equipe na época que atuavam em Nova York foi para a Primeira Guerra Mundial e por lá ele acabou morrendo. A equipe fez uma placa em sua homenagem, mas quando se mudaram para São Francisco ela acabou sendo perdida. A relutância fez o seu destino. O Giants refez a placa apenas em 2006, a colocou perto de um elevador, onde poucos conseguiam ver, mas Eddie deve ter visto. A maldição terminou, finalmente em 2010 eles puderam soltar o grito de campeão que já estava entalado na garganta. Finalmente eles foram campeões como sempre foram em Nova York, e agora eles fizeram novamente, como sempre fazia por lá, em Nova York.

Justamente a mesma Nova York que gostaria de ver o Yankees campeão novamente. Mas o Yankees deste ano estava irreconhecível, e acabou sendo atropelado por um trem desgovernado chamado Detroit Tigers. Um trem que não imaginava ser atingido por um boeing 747 quando o momento derradeiro da competição chegasse. E quem poderia prever que esse super avião praticamente desgovernado e absolutamente devastador fosse o San Francisco Giants? Eddie Grant? Não, nem ele e muito menos o Cincinnati Reds e o St. Louis Cardinals. Quem poderia imaginar que depois de perder os dois primeiros jogos da pós-temporada o Giants iria vencer três seguidos para avançar. Algo que jamais em toda a história havia acontecido na Liga Nacional, mas aconteceu, sem que ninguém estivesse esperando por isso.

Foi realmente empolgante, foi incrível, inacreditável, e se não bastasse foi além. O San Francisco Giants parecia adorar estar perdendo, ou queria mesmo que a conquista fosse emblemática. Placar de 3 jogos a 1 para o Cardinals, e virada espetacular nos três jogos finais da melhor de sete. O sistema 2-3-2 ajudou um pouco, o Wild Card bizarro dos playoffs também foram determinantes, afinal do Cardinals estava lá arriscando seus arremessadores em um tudo ou nada que acabou não valendo nada. Mas o que dizer das finais? O que foi essa Wolrd Series? Onde foi parar o Detroit Tigers de Miguel Cabrera? Os tigres de Detroit que deram uma surra no Yankees e mostraram toda a sua força e deram provas do quanto poderiam e mereciam ser campeões. Ou quem sabe pelo menos jogar mais, jogar melhor, pelo menos fazer o Giants lutar pelos milagres que vinha conseguindo. Mas não.

E eles tinham Justin Verlander, que não durou nem cinco entradas no primeiro jogo. Isso foi o primeiro golpe, pois o segundo foi ver Pablo Sandoval rebater três home runs em um mesmo jogo de World Series. Em todos os tempos só haviam feito isso três outros jogadores: Babe Ruth, Reggie Jackson e Albert Pujols. Alguma dúvida sobre quem foi eleito MVP da World Series? Como não ser campeão depois disso? Mesmo que seja jogando fora de casa em dez entradas e vencendo por 4 a 3. A vassoura nas mãos de Sergio Romo, a alegria estampada na cara de Hugo Chávez, porque Marco Scutaro, Pablo Sandoval, Gregor Blanco, Jose Mijares e Hector Sanchez nasceram na venezuela. A face de incrédulos por todas as partes porque o San Francisco Giants fez o impossível para ser campeão. Ninguém poderia esperar por isso, nem mesmo Eddie Grant poderia esperar por isso.

0 comentários: