O mais jovem com 30 mil. Não o mais rápido.

15:22 Net Esportes 6 Comments

Já fazem 16 anos, mas parece que foi ontem. Kobe Bryant não jogou a primeira partida da temporada de 1996 da NBA, no segundo jogo arremessou apenas uma vez em seis minutos, mas finalmente encontrou o caminho quando o Los Angeles Lakers visitou o New York Knicks. Tinha que ser no Madison Square Garden, coisas especiais sempre acabam acontecendo em Nova York. Bryant já se mostrava fominha, não passou a bola para dois companheiros livres, ele errou o arremesso, mas sofreu a falta. Antes de errar o segundo lance, havia acertado o primeiro. Sua primeira cesta na NBA, seu primeiro de muitos milhares de pontos que viriam pela frente em sua grandiosa carreira. Kobe Bryant se tornou na noite da última quarta-feira o mais jovem jogador a marcar 30 mil pontos na NBA. Mas será que ele foi o mais rápido a atingir essa marca estupenda?

Campeão em cinco oportunidades. Duas vezes MVP das finais. São 14 All-Star Game e mais uma infinidade de prêmios e conquistas. Não há como contestar Kobe Bryant. Mesmo que ele tenha precisado de Shaquille O'Neal ou Pau Gasol ao seu lado para levantar a taça. Mesmo que Phil Jackson tenha feito total diferença comandando o Lakers. E não é todos os dias que alguém chega aos 30 mil pontos na carreira. É tão complicado que antes de ontem apenas quatro jogadores faziam parte do clube dos 30 mil. Portanto Kobe Bryant fez história sem dúvida alguma. Kobe Bryant é de fato o mais jovem jogador a atingir a marca de 30 mil pontos na NBA. Porém ele não é o mais rápido. Ele precisou de mais jogos e mais tempo para alcançar a façanha. Um fato considerável que só aumenta a importância dos feitos dos outros quatro jogadores, principalmente um deles.

E se você pensou em Michael Jordan, acertou. Só que Jordan não foi o mais rápido. A façanha coube a Wilt Chamberlain, que chegou aos 30 mil pontos em 941 jogos, com uma média de 31,9 pontos por jogos. Chamberlain jogou até os 37 anos, mas Jordan jogou muito menos tempo. Michael Jordan se aposentou no auge da carreira quando tinha 29 anos e três títulos nas costas. Ainda bem que voltou, para conquistar mais três títulos e sabe quem por que se aposentar novamente. Ele não poderia ter feito essas duas interrupções em sua carreira, principalmente porque só quando voltou novamente, desta vez no Washington Wizards é que alcançou os 30 mil pontos, já com quase 39 anos de idade. Mas Jordan precisou de apenas 19 jogos a mais que Chamberlain para alcançar os 30 mil pontos. Imagine o que teria feito se tivesse jogado pelo menos umas quatro temporadas a mais.

Depois de Chamberlain e Jordan, ainda aparecem os outros dois integrantes deste seleto grupo antes de Kobe Bryant. Kareem Abdul-Jabbar, que terminou a carreira com 38.387 pontos, alcançou a marca de 30 mil em 1101 jogos. Karl Malone, que nunca foi campeão da NBA, precisou de 1152 jogos para fazer 30 mil pontos, terminando a carreira com 36.928 pontos. Kobe Bryant é o mais jovem a fazer 30 mil pontos, mas ele precisou de 1180 jogos para alcançar essa marca. Sem falar que Bryant foi draftado com 17 anos, enquanto que Jordan começou a jogar com 21 anos, Malone e Kareem com 22 e Chamberlain com 23. E sem falar também que todos os recordes de mais jovem cestinha das marcas expressivas que Kobe alcança acabam sendo superadas por LeBron James, que está com 27 anos. Kobe Bryant chegou aos 30 mil pontos. Expressivo, marcante, histórico e coisa para poucos, mas ser o mais jovem nem sempre significa ser o mais rápido ou o melhor.

6 comentários:

Ron Groo disse...

Gosto mais do Kobe que do Lebrão... Mas são dois pustas jogadores.

Merecida a marca

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Estou ancioso para saber se o LeBron se tornará o mais jovem com 30 mil e principalmente quantos jogos vai precisar e quantos títulos terá conquistado até lá. Por enquanto pra mim nenhum dos dois se iguala a Jordan.

Kareem Abdul-Jabbar, mito do basquete mundial! Lembro-me bem de assistir a alguns jogos quando mais novo, só para vê-lo em ação.

Sobre o post em si, creio que num esporte tão dinâmico, cada vez mais surjam jogadores que atingirão esta marca mais cedo. Recordes estão aí e muitos serão batidos. Os caras gostam e perseguem isso!

Saudações!!!

Ron Groo disse...

Ai eu concordo. Mas acho que ninguém será igual ao Jordan.
Os dois são fantásticos, mas não chegam sequer aos pés de Magic Johnson.

Net Esportes disse...

@FuteBRONCA: Que privilégio ver o Kareen jogar! Eu mal acompanhei o fim da carreira do Jordan, vi o adeus no Wizards e as finais de 1998.

@Ron Groo: Imagina se o Magic Johnson tivesse jogado mais tempo ....

Luiz Paulo Knop disse...

Kobe é fora de série, é do tipo de cara que daqui 20 anos não será comparado com ninguém, será apenas Kobe Bryant.

Infelizmente acredito que Lebron quebrará todas essas mercas, mas não será tão campeão quanto Jordan, Kobe e cia.

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com