Essa Inglaterra que os ingleses querem ver

09:32 Net Esportes 4 Comments

Muitos ainda contestam o título de 1966, mas o capitão Bobby Moore ainda é lembrado com um minuto de silêncio pelos 20 anos de sua morte. Jogadores da Inglaterra e do Brasil se calam junto com quase 90 mil pessoas nas arquibancadas em memória ao desastre aéreo de Munique, que ocorreu em 1958 exatamente no sexto dia do segundo mês do ano. Bobby Charlton sobreviveu para em casa mostrar aos ingleses a Inglaterra que eles queriam ver, um time que tenha merecido ou não ser campeão mundial, foi o melhor da sua história. Talvez tão bom quanto a equipe de 2010, que prometia dar muito mais trabalho do que acabou dando, que tinha talento e força para quem sabe até chegar na final, mas que tinha de provar do próprio veneno. Ninguém quer ver mais bolas no travessão e na linha, eles querem ver vitórias e não desastres em um seis de fevereiro.

Lá vem o Paul Revere gritando desesperadamente - "Os Ingleses estão chegando, os Ingleses estão chegando". Mas não é a guerra que vai começar e sim mais uma partida de futebol. E os ingleses que se aproximam são velhos conhecidos: Wayne Rooney, Steven Gerrard e Frank Lampard. Eles jogam muito bem em seus clubes e ao lado de outros grandes jogadores já deram muita esperança ao povo do Grã-Bretanha. Será que vai ser possível na Eurocopa? Será que na Copa do Mundo as coisas finalmente vão acontecer de outra maneira? Será que a bola vai beter no travessão e na linha e não ser gol para quando entrar o gol for validado? Ninguém sabe dizer, porém todos sabem que sofrer como Roger Byrne, Duncan Edwards, Tommy Taylor e tantos outros ninguém quer mais. Chega de perder no dia seis de fevereiro.

Seis de fevereiro de 2013. No lendário estádio Wembley onde normalmente um jogo entre Brasil e Inglaterra acaba empatado em 1 a 1. Com a abertura do placar nos pés de Ronaldinho Gaúcho porque o juiz português viu um pênalti que nem mesmo Winston Churchill ousaria marcar. Mas para sorte dos conterrâneos de Rowan Atkinson o goleiro Hart fez duas grandes defesas. Assim os ingleses conseguiam ver a Inglaterra que sempre desejaram. A Inglaterra que joga bem e que marca gols. Com o Shrek branco ou com o lampião Lampard, que acreditava até em um placar mais elástico em favor do time da Terra da Rainha. A diferença poderia até ter sido maior se não fosse o oportunismo de Fred em um erro que os conquistadores das Ilhas Falklands jamais cometeriam. Erros bobos que eles esperam não ver mais daqui para frente.

Condenados por um título que até hoje contestam. Por que não param de pegar no pé dos criadores desse nobre esporte? Por que será que a Inglaterra não consegue mais viver dias melhores? Por que será que o futebol inglês só vive dias cinzentos como o títpico céu de Londres? A Inglaterra derrotou o Brasil pelo placar de 2 a 1 jogando em casa. Não é nada demais levando em consideração que a Seleção Brasileira acabou de mudar seu técnico, está testando novas experiências de Felipão, está trazendo de volta nomes até então esquecidos como Luis Fabiano, Ronaldinho Gaúcho e Júlio César e tentando não viver dias ruins como foi ruim o seis de fevereiro de 1958 para a Inglaterra. O Brasil não quer fazer feio na Copa das Confederações e muito menos na Copa do Mundo. O Brasil quer fazer bonito, tanto quanto a Inglaterra fez ontem, pois independente de tudo eles jogaram do jeito que os ingleses querem ver.

4 comentários:

Ron Groo disse...

Não sei se era esta seleção que os ingleses queriam ver, mas que é muito diferente de todas as seleções inglesas que eu já vi, sim... é.

Quanto ao Brasil, perder foi bom.
Uma vitória jogando mal mascararia tudo de novo e ninguém iria procurar ajuste nenhum.

O English Team não me surpreendeu. Evoluíram muito e podem fazer bom papel em 2014. Hoje utilizam um pouco mais a técnica além do futebol-força.

Quanto ao Brasil, se serve de consolo, teremos bons testes, com equipes de nível, como Itália, Suiça, Rússia, Espanha, México...assim poderemos ver o que nos espera em 2014.

Saudações!!!

Luiz Paulo Knop disse...

Desde 2002 a Inglaterra tem ótimos jogadores para todas as posições (menos goleiro) e não consegue chegar longe. Esse ano ela tem um ótimo goleiro também.

Será que agora vai?

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com

Patrick Araújo disse...

A seleção inglesa evoluiu notoriamente de uns tempos, com certeza vem pra brigar pelo titulo em 2014....

No jogo ficou claro pra mim, Neymar é jogador de clube enquanto Oscar é jogador de seleção, o melhor do jogo. Gostei do zagueiro Dante. Mesmo perdendo dá pra ver que Felipão é muito mais técnico do que Mano Menezes. Precisamos de um atacante e laterais. Estou otimista.