Sem muro de Berlim, mas divididos por um dia

14:54 Net Esportes 0 Comments

Manhattan, Queens, Bronx, Brooklyn e Staten Island. A cidade de Nova York é naturalmente bem unida em diversos aspectos, mas também tem suas divisões, começando pelos distritos. E não para por aí, pois existem também as diferenças culturais, as classes sociais, as etnias e por aí vai, incluindo também os dois lados no esporte, é claro. Não tinha como ser diferente em uma cidade onde existem dois times de basquete na NBA, dois times de hóquei no gelo na NHL, dois times de futebol americano na NFL e duas equipes de beisebol na MLB. E quando se fala no jogo das bases e dos bastões a coisa fica ainda mais séria e dividida. A rivalidade do Subway Series não é algo tão accirado, mas um novaiorquino sabe do seu dever em escolher Yankees ou Mets, principalmente quando eles jogam no mesmo dia.

Todos estão juntos na Grand Central Terminal, mas cada um está em sua plataforma. Os torcedores do New York Yankees irão pegar a linha quatro, direto para o Bronx, rumo ao Yankee Stadium. Já os fãs do Mets optam pela linha sete, eles estão indo para Queens, hoje tem jogo no Citi Field. A MLB tem seus motivos, e por isso marcou um jogo do Yankees no mesmo dia que um jogo do Mets, e ambos na cidade de Nova York, no mesmo horário. Se não bastasse esse é um dia mais do que especial, é o dia da abertura do campeonato, é o primeiro jogo de cada equipe na competição, é a primeira vez em toda a história do beisebol que Yankees e Mets fazem o primeiro jogo em casa no mesmo dia e no mesmo horário. Assim a cidade de Nova York fica divida, mas sem o muro de Berlim.

Os cambistas não sabem para onde vão nesta segunda-feira. Os garçons dos bares estão loucos com o controle remoto na mão e as exigências dos seus clientes sobre qual jogo eles querem ver na TV. Os vendedores ambulantes não sabem quem vai querer mais salgadinho, hot dog e refrigerante. Será que vão ser as 41 mil pessoas que lotam o Citi Field ou os 49 mil torcedores que fazem o Yankee Stadium ficar ainda mais bonito nesse lindo dia de sol que faz na Big Apple? Os fãs do time que mais vezes foi campeão em todos os tempos na MLB tem até trem nostálgico especial que vai direto para o estádio. E é justamente de metrô que o prefeito Michael Bloomberg se dirige ao palco onde o Yankees atua. Mas ele está tão dividido quanto a cidade nesta segunda-feira, então após a quarta entrada parte para o jogo do Mets e o assiste também, a partir da sexta-entrada.

O mandatário de Nova York ficou até o fim da partida no Queens e viu a equipe do Mets vencer o San Diego Padres por impiedosos 11 a 2. Um resultado que deixou os adoradores da equipe felizes com o excelente começo de temporada. Eles acertaram em escolher o Mets porque são seguidores do seu time do coração, algo que não acontece com o torcedor comum que horas antes estava dividido entre a escolha de ver a maçã do home run ou início do fim da carreira de Mariano Rivera. Decidir entre o simpático mascote do Mets ou a estréia de Kevin Youkilis contra sua ex-equipe. Ir para o Queens ou ir para o Bronx nesta segunda-feira dividida em Nova York. Ver o time local da cidade vencer ou ver o time local da cidade ser derrotado, logo no primeiro jogo do ano, logo contra o Boston Rede Sox e por uma lavada de 8 a 2. Bem no dia que Nova York estava dividida sem o muro de Berlim, bem no dia em que incrivelmente escolher o Mets foi melhor que escolher o Yankees.

0 comentários: