Ferrari decidirá quem manda ou já decidiu?

10:58 Net Esportes 1 Comments

Não havia nenhuma dúvida que o principal representante espanhol da Fórmula 1 atual e dos últimos tempos iria negar veementemente o fato, dizendo que tudo não havia passado apenas de um grande mal entendido. Cingapura, Nelsinho Piquet, Flávio Briatore. O seu passado e o seu presente representam você, senhor Fernando Alonso. Você reclamou que seu companheiro de equipe estava mais rápido nas últimas voltas do treino de classificação e não adianta negar. Você não conseguiu pegar o vácuo e foi obrigado a ver Felipe Massa disparar. Assim como o viu disparar na largada e ir embora também. Mas como todos sabem você é um grande piloto e não ficaria atrás o australiano que está indo embora da Red Bull, muito menos do que seu companheiro de equipe que era mais rápido um dia antes. Mas será que ele não poderia continuar indo mais rápido na corrida também?

As coisas no time italiano sempre foram assim ruins para brasileiros. Hoje Rubens Barrichello está muito bem, falando em inglês e claro italiano também, para a rede de TV aberta que transmite mais um Grande Prêmio na terra da pizza; Com seu locutor oficial se gabando de ter estado presente em mais de 500 GP´s em todos os tempos. E para receber uma homenagem assim do chefão Bernie Ecclestone até vale a pena deixar de narrar a goleada brasileira contra a Austrália em Brasília. Nos tempos de Michael Schumacher e agora nos tempos de Alonso também. Sempre foi difícil para Felipe Massa e com a chegada de um bicampeão como Alonso as coisas só poderiam piorar mesmo. Ter que sair da frente é só um dos detalhes, ficar para trás em uma corrida onde havia treinado tão bem é que esconde o que realmente deve haver por trás da história toda.

Por que motivos trocar o motor? O que mais poderia ter sido feito no carro para ele perder a posição até para o Mark Webber depois de uma excelente largada onde foi parar em segundo com Fernando Alonso em quarto? A corrida termina e em segundo está Alonso, com Felipe Massa na quarta colocação. O australiano fica em terceiro e no ano que vem não ficará mais na Red Bull. Por lá já está tudo definido, Daniel Ricciardo vem aí para correr no time de Christian Horner. Mas a Ferrari ainda não se decidiu, ou será que essa decisão já foi tomada? Será que Felipe Massa ficou para trás na corrida e já ficou para trás no time italiano também? Por isso que Fernando Alonso passou e passou fácil neste GP de Monza? Mas e se Kimi Raikkonen vier por aí? Seria realmente possível dois campeões correrem lado a lado na equipe dos cavalinhos rampantes?

Alonso e Hamilton na McLaren. Senna e Prost também na mesma McLaren. A história diz que dois grandes na mesma equipe não se dão muito bem, mas isso é na McLaren. Talvez na Ferrari seja diferente, pois lá eles definem bem quem é o número um da equipe. Alonso ou Raikkonen? Mais fácil decidir entre Massa e Raikkonen, onde claro o brasileiro não seria o primeiro. Assim podemos imaginar que um dos dois irá embora, mas se for o Massa, então talvez Kimi Raikkonen não tenha como destino o carro vermelho. A Ferrari terá que se decidir, provavelmente o fará antes do GP de Cingapura. Terá que decidir quem serão seus pilotos em 2014, porque a decisão de quem é o número um da equipe e quem deve andar mais rápido atualmente já foi feita a muito tempo. Uma decisão que no campeonato não muda nada, já que quem continua vencendo as corridas é Sebastian Vettel, sossegado e caminhando para mais um bela conquista; Mesmo porque o alemão sabe que lá na equipe dos touros ele também é o que tem mais asas para voar.

1 comentários:

Ron Groo disse...

Já decidiu, mas não divulgou.
Mas de boa, não vai mudar nada.
Massa vai continuar lá, Alonso idem.
É um ano de mudanças muito bruscas, violentas até.
Não vão querer trazer alguém sem experiencia ou ferrar o ambiente com dois pilotos geniosos.
Kimi parece tranquilo, mas quando muito contrariado larga de mão. Não faz nada pra ajudar.