Recordes farão de Nadal o maior de todos?

11:53 Net Esportes 0 Comments

Andre Agassi, Ivan Lendl, Jimmy Connors ou Björn Borg. Quem sabe Roy Emerson ou seu compatriota Rod Laver, que venceu todos os torneios de Grand Slam no mesmo ano. Pete Sampras alcabçou 14 título de major´s, era visto como maior da história, mesmo que Fred Perry, Ken Rosewall ou Bill Tilden fossem vistos como grandes jogadores do passado. William Renshaw também, sem falar em John McEnroe, o incansável americano. Até o dia que Roger Federer foi lá e alcançou 17 títulos de Grand Slam, venceu em todos os pisos, se tornou porque não o maior jogador de todos os tempos. Porque ele alcançou o recorde em uma época bem competitiva, e será que esses recordes podem fazer de Rafael Nadal o maior de todos?

Esses números fazem a diferença. E uma lesão pode fazer ainda mais diferença. A única vez que Federer venceu em Roland Garros foi justamente na única vez em toda a sua vida que Nadal perdeu um jogo no saibro sagrado de Paris, ele estava meio lesionado. Sendo que a primeira vez que o espanhol foi campeão na grama sagrada de Wimbledon ele enfrentou o suiço em uma batalha épica. Seu joelho pode ser o seu maior rival, mas por outro lado ele só esteve ausente em cinco torneios de Grand Slam, sendo que só foi derrotado em cinco finais. Duas diante de Federer, em Wimbledon, e três contra Novak Djokovic, todas essas no Aberto da Austrália. Enquanto que em outras 13 decisões saiu com o troféu.

A última conquista veio contra o sérvio, no US Open em Nova York, pela segunda vez na carreira vencendo por lá e novamente conquistando o título na segunda-feira, como havia feito em 2010. Com 27 anos ele chega ao mesmo número de títulos que Federer chegou quando tinha essa mesma idade. Já deixou todas as lendas do tênis para trás, já provou que a terra batida é seu lar, mas ele pode fazer sua casa em outros lugares também. Não perdeu nenhum jogo no US Open Series desse ano. Ele já está na cola de Sampras e já mostrou que está 100% recuperado da lesão no joelho que o afastou por sete meses do circuito. E mais do que isso ele já provou que mais vence do que perde, principalmente diante dos maiores rivais.

Todos os grandes jogadores tiveram outros grandes jogadores em seus caminhos. E com Nadal não é diferente. Ele tem Roger Federer e Novak Djokovic, e ainda tem Andy Murray que mostrou força recentemente. Mas Rafael Nadal já ganhou até as Olimpíadas e não da chances para nenhum deles, Nadal tem 21 vitória contra 10 derrotas diante de Federer. 22 vitória e 15 derrotas contra Djokovic e 13-5 nos confrontos contra o britânico. De tenistas Top 30 ainda em atividade só Nikolay Davydenko tem um aproveitamento maior que 50% no confronto direto. Sendo que muitos desses confrontos Nadal tem 100% de aproveitamento. Nadal venceu Djokovic na final do US Open de 2013 porque o sérvio cometeu muitos erros não forçados. Ele agradeceu e aumentou sua coleção, aumentou seus números e continua buscando os recordes que talvez o faça se tornar o maior de todos os tempos.

0 comentários: