Boston Forte é o campeão da World Series

12:16 Net Esportes 0 Comments

Com um placar favorável de seis a zero, todos já aguardavam anciosamente pela emoção de ouvir mais uma vez a suave "God Bless America" no lendário Fenway Park. Mas o que ninguém esperava era que o St. Louis Cardinals resolvesse jogar o que não vinha jogando nessa noite bem neste momento. Eles começam a rebater e rebater bem, até que Descalso anota uma corrida calçado. John Farrell não exita e entra no campo de jogo, mas vê a fúria em John Lackey que exige permanecer no montinho arremessando pelo Boston Red Sox. Ele não durou mais do que um novo rebatedor, viu as bases ficarem lotada a acabou indo embora na sequência. Mas ele já havia provado sua força em seis entradas e meias, porque não era apenas o Boston Red Sox, era o "Boston Strong", o campeão da World Series.

A bomba explodiu próxima a linha de chegada da Maratona. O sentimento de impotência da maior potência do planeta ecoou pelas ruas da cidade que não tinha mais o que fazer a não ser se esconder. O esporte também foi obrigado a parar por alguns dias, mas quando voltou ele fez um retorno diferente. Uma tarde linda e um dia mais do que especial, mais do que emocionante no momento do hino nacional ou da suave "God Bless America". Ao invés de estampar Red Sox no camisa, eles estamparam Boston. E no alto do monstro verde e para sempre estará a logo "Boston Strong". Com a força que não tiveram na temporada passada que culminou na última colocação. Com a força que foi recuperada para culminar no título de campeão da World Series.

Não acontecia no lendário e emblemático Fenway Park desde o longínquo ano de 1918. Em uma das poucas ocasiões que uma decisão não viu um home run, mesmo que Babe Ruth estivesse em campo. Em seis jogos como fora novamente desta vez. Contra o Chicago Cubs que até hoje amarga mais de cem anos sem título devido à "Maldição de Billy Goat". Porque para o Boston Red Sox a "Maldição do Bambino" terminou em 2004, após 86 anos de espera, e já rendeu outros frutos como em 2007. E nem precisava ser contra o Cubs novamente, porque o Red Sox, além do New York Yankees na Liga Americana, possui outros rivais para odiar por ter sido derrotado por eles em outras decisões. Contra o Cardinals é mais do que um clássico, em um espetáculo de acontecimentos únicos e bem malucos.

Marcações equivocadas de árbitros que por sorte voltam atrás e mudam suas decisões. E logo no primeiro jogo, logo no começo da partida. A história mudou e começou ali. Mesmo que alguns erros fossem cometidos e pelo menos dois jogos fossem perdidos, e um por um walkoff estranho e duvidoso, porém dentro das regras. Duas derrotas pareciam até fazer parte dos planos, eles pareciam precisar voltar para Boston. Para ver a alegria e orgulho estampados nos rostos dos torcedores fanáticos que sempre lotam o estádio. Uma satisfação incontrolável, todos de pé esperando o último strikeout para explodir em felicidade ao invés de explodir bombas em chegadas de Maratonas. Com cada um dos barbudos do Red Sox tendo a certeza que fizeram o seu papel da forma mais correta e brilhante possível, porque eles são fortes, eles agora são campeões da World Series.

0 comentários: