De volta ao Staples Center para ser massacrado

12:43 Net Esportes 2 Comments

E quando todos os esforços para se levantar estão esgotados, um pisão esmagador de coturno aniquila de uma vez por todas as já vagas e praticamente esgotadas esperanças de reverter aquele massacre devastador. O sonho está se transformando em pesadêlo, o Atlanta está se distanciando e o Clevland se aproximando. Os playoffs estão ficando cada vez mais longe nesse ano e o New York Knicks está afundando. As coisa haviam melhorado, a equipe havia conseguido vencer por sete vezes consecutivas, mas tudo foi por água abaixo. Já foram duas derrotas seguidas e a turnê pelo lado Oeste tem tudo para continuar sendo um grande desastre.

Um desastre tão grande quanto o sumiço do voo da Malaysia Airlines. Uma catástrofe tão horrível quanto voltar ao Staples Center para ser literalmente massacrado pelos rivais da terra onde o sol brilha o ano todo. Phil Jackson voltou para a NBA e não demorou muito para voltar à Los Angeles. Lá ele é bem recebido e por isso vê o jogo dentro de uma belíssima suíte de luxo. Mas nem ele e nem mesmo qualquer um dos fanáticos torcedores knickerbockers gostariam de ter visto sua equipe perder mais uma vez para o Los Angeles Lakers, de quem não ganham na Califórnia a sete anos! Mas o pior nem era perder, o pior foi perder do jeito que perdeu.

O Lakers é o pior time do Pacífico e um dos três piores da Conferência Oeste. A equipe não conta com Kobe Bryant, machucado, e neste jogo não tinha nem Pau Gasol e nem mesmo Steve Nash. Mesmo assim qualquer tiro acertava a cesta. E muitos chutes de três pontos acertaram a cesta, mesmo com o placar já marcando a diferença de mais de vinte pontos. Jogadores saindo do banco de reservas marcaram 18, 20 e 22 pontos cada um. O Los Angeles Lakers se tornou 38ª equipe da NBA em toda a história a marcar 50 pontos ou mais somente no terceiro quarto do jogo. A última vez que um time fez isso foi em 2010. O Lakers jamais havia anotado 51 pontos apenas no terceiro quarto de uma partida.

Foi apenas a quarta vez em todos os 279 encontros entre Knicks e Lakers que o placar teve uma diferença de 30 pontos ou mais. E somente em uma delas o Knicks conseguiu ser o vencedor. Diante do Lakers o Kcnicks não consegue se impor, não consegue manter suas esperanças de ir aos playoffs e acaba sendo literalmente massacrado por um time que está muito mais distante e claramente fora da pós temporada da NBA. No reencontro de Jackson com seu ex-time que lhe oferece suíte de luxo quem se deu melhor mais uma vez foi Mike D'Antoni, o técnico do Lakers que também viveu um dia de reencontro, já que era técnico do Knicks. E ele não teve nenhuma dó de simplesmente massacrar os ex-companheiros.

2 comentários:

Ron Groo disse...

Ahahahah eu vivi pára ler isto: "O Lakers é o pior time do pacifico".

eu estou rindo litros.

Net Esportes disse...

hahahah Groo .... e por pouco não é o pior do Oeste !!!