Uma breve história das bolas da Copa

15:00 Net Esportes 1 Comments

Desde a primeira Copa realizada no Uruguai em 1930, foram 19 edições em que o mundo parou para olhar a bola rolar.

Já se passaram 84 anos desde que cada seleção participante trouxe sua própria bola de capotão para as partidas. Isso causou uma tremenda confusão, que só foi resolvida quando e todos as seleções concordaram em jogar com a bola argentina Tiento no primeiro tempo e com a uruguaia Modelo T no segundo. Foi só em 1934, na Itália, que o mesmo modelo de bola passou a ser utilizado em todos os jogos. Ela era feita em couro com 12 gomos, e reza a lenda que ela acabava se deformando até o final das partidas.

A cada mundial, o país-sede oferecia sua nova bola variando na quantidade de gomos (na Suécia chegou a ter 24), mas sem muita modificação no material que ainda era o couro, o que deixava as bolas pesadas em caso de chuva. E assim foi até 1966, na Inglaterra, onde a última bola de couro foi usada em uma Copa.

A coisa começou a mudar de figura na edição mexicana de 1970: foi a primeira vez em que se viu a clássica bola de 32 gomos pretos e brancos rolando nos gramados de um mundial. Fabricada pela Adidas, sua visibilidade era melhor na TV. E falando em Adidas, daí em diante ela foi a responsável por desenvolver e fabricar as bolas de todas, e continua desde então.

Desde nosso tri-campeonato em 70, as bolas oficiais passaram por uma tremenda evolução: ficaram mais leves, foram totalmente impermeabilizadas com uma camada de poliuretano, redesenhadas para terem maior velocidade e ganharam espuma sintética para distribuir igualmente a energia.

Além de toda a tecnologia empregada para melhorar seu desempenho, o visual da bola oficial ficou cada vez mais colorido e ousado desde a famosa Jabulani, e agora com a nossa recém-nascida e belíssima bola brasileira. Além da estética incrível, ela conta com a tecnologia da Cafusa, utilizada na Copa das Confederações 2013. Um bom presságio para que a nova bola sacuda a rede de nossos adversários. Se você ainda não viu nossa nova bola oficial clique aqui


1 comentários:

E aê beleza?!

As bolas foram evoluindo ao longo do tempo, e hoje possuem uma alta tecnologia, destacando uma das mais recentes que é aquele em que dá para saber se a bola entrou ou não, o que pode salvar erros grotescos como na Copa de 2010 entre Alemanha x Inglaterra e no Carioca no jogo entre Flamengo x Vasco.

Abraços.
Bola Furada d'Or 2013:
http://fcgols.blogspot.com.br/2014/03/bola-furada-dor-2013-confira-os.html