A polícia violenta no mundo violento

16:02 Net Esportes 2 Comments

Era para ser mais um dia tranquilo no Barclays Center. Jogo do Nets, Jay Z e Beyoncé, o LeBron James vai jogar no Brooklyn. Se não bastasse a badalação normal de sempre, tinha ainda a presença ilustre do príncipe William e da princesa Kate Middleton, que durante a primeira parte do jogo estiveram alheios à tudo em um jantar para tratar de negócios. A bola laranja do bom e velho basquete voava direto para a cesta, mas do lado de fora a coisa estava feia. Manifestantes tomaram conta das redondezas e organizaram mais um protesto em favor de Eric Garner. "I can't breathe". O mundo já não respira a muito tempo.

Não só em Nova York, como em todo os Estados Unidos e também no mundo. No caso ferguson, amarildo e agora no caso Eric Garner. Contra os casos de tortura da ditadura, da CIA e do Jack Bauer. Eles não se importam muito com a vida dos que morreram, eles estão revoltados porque os policiais não foram condenados. Parece haver uma inversão de valores e os criminosos viram 'supostos' foras da lei, as vítimas são réus nos tribunais e a polícia que existe para servir e proteger vira o alvo de uma sociedade enfurecida pela onda de atacar quem a maioria está atacando. Influenciados pelo poder da mídia, das redes sociais. Para estar ao lado da maioria contra a violência da polícia.

Não há mal algum em sentir pena de Garner, lamentar por sua família que provavelmente sofreu muito com a situação e pelo incidente em si. Mas achar que o policial Daniel Pantaleo é exclusivamente o culpado por ter agido de forma excessiva em um caso isolado que ganhou uma repercussão enorme é um exagero de quem não consegue ter a mínima noção que as coisas são muito maiores do que um vídeo na Internet. A técnica de enforcamento usada pelo oficial é atualmente proibida, eles poderiam ter mantido a calma, poderiam ter agido de uma forma menos agressiva. Sim, claro, tudo pode ser diferente depois que o fato acontece da forma como não deveria, mas isso não quer dizer que só existe um culpado em uma sociedade que não sabe viver em sociedade.

As pessoas brigam no trânsito por questões banais. As pessoas brigam com seus vizinhos. O mundo é caótico e complicado. A polícia precisa ser um pouco violenta porque o mundo é violento, cruel, impiedosos e assassino. Se a polícia não tiver poder de fogo, os bandidos irão dominar a sociedade. Eric Garner certamente não merecia a morte, mas Eric Garner tem um histórico com mais de 30 prisões em sua vida. No vídeo ele claramente está resistindo à prisão, discute com os policiais e quer um confronto direto com as autoridades. O homem de 41 anos era grande e forte, a polícia precisava agir com força excessiva naquele momento. Garner não merecia morrer, ninguém merece, seja branco ou negro, bandido ou mocinho, mas os bandidos estão prontos para matar e se a polícia não estiver pronta para responder à altura, quem vai perder é a sociedade.

Ninguém fecha a Times Square ou se reúne na frente do Barclays Center para protestar efusivamente contra a violência que assola o mundo a cada dia. Enquanto Garner morre por um erro de um policial, quantas pessoas de bem morreram vítimas de um bandido, um ladão, um assassino ou um traficante? E quantas dessas pessoas tiveram videos na Internet e protestos em seu favor contra os malfeitores que talvez foram presos, talvez não, talvez foram condenados, talvez não? Nenhuma. A maioria vai presa e sai em pouco tempo. As pessoas protestam porque elas querem mais direito de ir e vir sem que sejam abordados, mas quantos destes protestantes já tiveram problemas com a justiça e só estão tentando achar um jeito de mudar a opinião pública para que possam fazer suas transgressões impunemente?

A polícia é violenta porque o mundo é violento. Os erros da polícia devem servir para que se busque uma preparação mais adequada, mas isso não significa que os policiais que erram devam ser condenados, porque o mundo já os condenou a errar em sua profissão que lhe exige se doar ao máximo até que um dia cometa um erro que não gostaria. Enquanto isso o príncipe William e a princesa Kate Middleton se divertem com Jay Z e Beyoncé, Lebron James segue fazendo suas cestas e o Cleveland Cavaliers segue vencendo seus jogos. Seja no Brooklyn ou em qualquer outro lugar da América, contra qualquer outro time. Até que um dia outro policial irá exagerar na dose, depois é claro que centenas de outros criminosos fizerem suas vítimas e forçarem os policiais e agirem com a agressividade exagerada que o mundo agressivo lhes obriga a fazer. Não se trata da questão de que um erro justifica o outro, se trata de milhares de erros que forçam o outro.

2 comentários:

Ron Groo disse...

Velho! Que texto sensacional!
A policia é violenta porque o mundo é violento. Perfeito!

E que bela atitude do Lebrão, não se escondendo e dando cara pública e famosa à indignação.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Poxa Groo, muito obrigado. Valeu mesmo! abração ...