American Pharoah e o fim de uma longa espera

23:39 Net Esportes 0 Comments

triplice coroa, turfe, net esportes, blog de esportes
Descobri a respeito e passei a acompanhar as três principais corridas de cavalo dos Estados Unidos no final dos anos de 1990. Podem falar o que for sobre Breeders' Cup, corridas milionárias de Dubai ou seja lá o que for, nada supera o Kentucky Derby. São 20 cavalos largando, Churchill Downs é emblemático, vencer não é simplesmente chegar em primeiro. Vai além, lhe da a grande chance de seguir vencendo e quem sabe ter a honra de conquistar a tríplice corroa do turfe americano. Para isso precisará triunfar também no Preakness Stakes e depois fazer o mais difícil, o quase impossível, vencer a longa jornada do Belmont Stakes, em Nova York.

Tudo começou no outro século, sem ser o passado. Foi em 1875 com Aristides. Montado por Oliver Lewis e treinado por Ansel Williamson. McGrath era seu dono e eles começaram a escrever a história ali mesmo. Demorou, mas aconteceu. Em 1919 Sir Barton se tornou o primeiro grande vencedor da tríplice coroa. Ele venceu o Kentucky Derby, o Preakness Stakes e finalmente o desafiador Belmont Stakes. Entre 1930 e 1948 aconteceu mais sete vezes e pareceu até algo não muito difícil, porém era, pois só ocorreu novamente em três oportunidade nos anos de 1970. Naquela década o mundo se espantou com Secretariat, viu a primeira e única dobradinha até hoje com Seattle Slew e Affirmed, mas depois de 1978 não viu mais nada. Começava a longa espera pelo feito histórico.

A cada ano a esperança se renovava. Qualquer um que conseguisse vencer em Louisville se tornava a bola da vez. Se este alcançasse o triunfo na corrida seguinte, virava o símbolo de um sonho que parecia até que nunca mais iria se tornar uma realidade concreta. Foram dez cavalos que caminharam como símbolo de um último suspiro rumo ao Belmont Park, alguns deles sem ao menos ter a chance de disputar a última e derradeira corrida, outros ficando pelo caminho por uma ou duas cabeças, desabando de cansaço na mais longa pista que jamais termina. Mas a angústia deveria acabar um dia. E esse dia chegou, com American Pharoah, para reescrever a história 37 anos depois.

American Pharoah entra para a história ao conquistar a tríplice coroa pela 12ª vez em todos os tempos. A longa espera de 37 anos finalmente teve o seu final. Montado pelo jockey Victor Espinoza e treinado pelo experiente Bob Baffert. Ele pertence a Ahmed Zayat & Zayat Stables e ninguém jamais esquecerá o seu nome, pois ele está para sempre gravado na história do turfe e na história do esporte. Para aqueles que duvidavam que seria novamente possível e para aqueles que sonhavam que esse dia chegaria mais cedo ou mais tarde. Desde que comecei a acompanhar as principais corridas de cavalo do mundo nos final dos anos de 1990. Desde 1978 até 2015, à galope na pista de areia, conquistando a tríplice coroa.

0 comentários: