Melhor sempre ou ás vezes?

15:29 Net Esportes 3 Comments

"O Barcelona é o melhor time do mundo". Essa frase você escuta hoje e escutou muito nos últimos dez anos, mais ou menos. Realmente a equipe espanhola tem feito uma grande diferença no futebol mundial, mas mesmo com uma constância de dar inveja, não ganhou absolutamente tudo e sempre. A Champions League, por exemplo, eles não ganharam duas vezes seguidas jamais. Aliás antes de 1992 jamais haviam vencido e, depois disso, só voltaram a vencer em 2006. Então levaram em 2009, 2011 e agora em 2015. Além de outros grandes títulos, como Campeonato Espanhol e Copa Rei da Espanha. Eles dominam tudo, mas não dominam todo o tempo.

O que o Barcelona atual sabe fazer que o Barcelona de 1961, por exemplo, não sabia, é manter uma filosofia. Alguns dizem que começou em 1992. Por sorte e para a alegria do tricolor paulista do Morumbi e seus admiradores era só o começo. Mas que filosofia é essa que começa no início dos anos de 1990 e só trás resultado em 2006? Ou em 2009 com a conquista do seu primeiro mundial de clubes? Talvez faltasse um técnico decente. Então quando víamos o Barcelona jogando, aquele dos 110% de posse de bola, dos 237% de passes certos, nós creditávamos ao Josep Guardiola. Em parte com razão, mas no fundo um mero detalhe.

Tem uma filosofia por trás de tudo que está dando certo, mesmo que não dê certo todo ano. A questão não é ficar comparando se o Barcelona de hoje é melhor ou pior do que o de 2009, ambos são melhores que os de 2010 ou 2014. Em 2011 também deu certo e o Neymar estava do outro lado. O detalhe talvez seja ter os jogadores certos na hora certa. Na final da Champions League de 2015 o Messi foi um mero coadjuvante. Mas isso não significa que ele não tenha tentado uma vez ou outra com seus dribles inacreditáveis. E essa é a grande diferença, o Barcelona não depende apenas do Messi, por isso o Barcelona conseguiu chegar aonde chegou.

A velha senhora lamenta e continua sua saga de vice-campeonatos, não vence desde 1996 amargando quatro segundas colocações desde então. Neymar celebra e apita o fim de jogo. Suárez comemora, mas não morde ninguém. A vida segue e o próximo objetivo será naturalmente o Mundial de clubes, que fora vencido nas duas últimas vezes que o disputou. Uma em 2011 e a outra em 2009, porque o Barcelona é sim o melhor time do mundo, mas não é sempre, isso só acontece às vezes.

3 comentários:

Ron Groo disse...

Eu achei que ficou muito justo... E quanto a ser sempre o melhor... Ainda bem que não é. Ficaria muito chato.

Agora, fiquei feliz mesmo foi com o Neymar queimando línguas e línguas por aqui.
Nego sempre dava uma cornetada... Neymídia, só joga no paulista... Ganhou libertadores em cima de time rídiculo (e olha que era o Penarol!)...
Não vai fazer nada na Europa... Vai ser esmagado pelo Messi, não vai jogar bem na Champions...
É...

Marcelonso disse...

Nesta temporada eles venceram tudo o que disputaram até aqui. Conseguiram a tão sonhada tripleta. Mas o legal do futebol é a alternância, até porque quando só um time vence tudo, fica sem graça. Esse time tem seus méritos,e convenhamos, Messi, Suarez e Neymar encaixaram muito bem.

Acredito que o trabalho de Guardiola no Bayer ainda não alcançou a maturidade, mas que está muito proxima, e quando isso acontecer será um adversário duríssimo.


abs

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Vi isso ontem no Globo Esporte, mas confesso que nunca tinha ouvido nada parecido. Na verdade eu sempre ouvi o contrário, que mais cedo ou mais tarde ele será eleito melhor do mundo. Aliás esse ano já pode pintar no meio do Cristiano Ronaldo e do Messi como finalista, será? !!!

@Marcelonso: Verdade, se ninguém mais tivesse chance ia perder a graça. O engraçado é que quando ganha tudo, fica difícil imaginar como perderam no ano anterior!