Lista dos maiores salários do esporte em 2016

11:30 Net Esportes 2 Comments

maiores salários esporte, maiores saláios futebol, maiores salários, net esportes
Todos os anos a revista Forbes trás a lista com os maiores salários do esporte. Nesse tempo vimos o domínio de Tiger Woods, principalmente pela grande quantidade de dinheiro que recebia dos patrocinadores. Porém, após o escândalo sexual que se envolveu, o então melhor jogador de golfe do mundo foi perdendo espaço no topo da lista. Nesse tempo o boxe cresceu e Floyd Mayweather Jr. fez jus ao seu apelido liderando em 2012, 2013 e até em 2014, ano em que Cristiano Ronaldo e Lionel Messi ultrapassaram LeBron James e assumiram o segundo e terceiro posto. No ano passado nada mudou no topo, mas Manny Pacquiao assumiu a segunda colocação justamente por ter enfrentado Mayweather na luta mais aguardada dos últimos tempos. O boxeador americano então se aposentou com 49 vitórias e nenhuma derrota, abrindo finalmente o topo da lista dos maiores salários do esporte para o futebol neste ano de 2016.

1. Cristiano Ronaldo
FUTEBOL
U$ 88 milhões

2. Lionel Messi
FUTEBOL
U$ 81,4 milhões

3. LeBron James
BASQUETE
U$ 77,2 milhões

4. Roger Federer
TÊNIS
U$ 67,8 milhões

5. Kevin Durant
BASQUETE
U$ 56,2 milhões

6. Novak Djokovic
TÊNIS
U$ 55,8 milhões

7. Cam Newton
FUTEBOL AMERICANO
U$ 53,1 milhões

8. Phil Mickelson
GOLFE
U$ 52,9 milhões

9. Jordan Spieth
GOLFE
U$ 52,8 milhões

10. Kobe Bryant
BASQUETE
U$ 50 milhões

O basquete da NBA é o esporte que mais trás atletas no top 10. Kobe Bryant se aposentou e, após fisgar a décima colocação, deve perder espaço no ano que vem. Stephen Curry, com U$ 23,6 milhões, é apenas o 69°, mas depois de duas finais seguidas deve receber uma renovação de contrato no Golden State Warriors e subir bem. No golfe Jordan Spieth chegou no top 10 depois do excelente ano que teve em 2015, para fazer companhia a Mickelson que já é um veterano dos mais bem pagos. O tênis segue em alta com Federer e Djokovic, Rafael Nadal é o 21° e Andy Murray apenas o 74°. E o futebol americano está representado por Cam Newton que levou seu time ao Super Bolw. Já Payton Manning, que foi o grande campeão, ficou em 27°, mas deu ao Denver Broncos o seu tão sonhado título.

A Fórmula 1 já teve dias melhores, Lewis Hamilton que várias vezes figurou o top 10, desta vez ficou em 11°. Tiger Woods já teve dias melhores, é o 12°. Foyd, agora aposentado, caiu para 16°. O atletismo está representado por Usain Bolt na 32° colocação, se fizer história nas Olimpíadas do Rio talvez melhore isso. A lista ainda segue com mais jogadores de futebol argentinos e apenas um brasileiro. No total de 100 atletas surgem duas mulheres, ambas do mesmo esporte.

21. Neymar
FUTEBOL
U$ 37,5 milhões

40. Serena Williams
TÊNIS
U$ 28,9 milhões

88. Maria Sharapova
TÊNIS
U$ 21,9 milhões

2 comentários:

Ron Groo disse...

E veja só... um QB na sétima posição.
Penso que seja por conta do teto de gastos de cada time, o que garante um certo equilíbrio e tal... Devia ser assim em todos os esportes.

Net Esportes disse...

Pois é Groo. Fica mais bem distribuído, na NBA é a mesma coisa. Eu acho até que não influencia no que cada um ganha, é mais uma medida para evitar que sejam formados supertimes, só com grandes jogadores. O mais louco é que o quarterback mais bem posicionado foi vice-campeão, ganha mais que o Tom Brady que já foi campeão várias vezes.