Placar magro que valeu por goleada

12:22 Net Esportes 0 Comments

real
Ao terminar o jogo, o Grêmio adotou um discurso orgulhoso e afirmava sair de campo com a "cabeça erguida". Isso acontecia mesmo que todos eles estivessem cabisbaixos e abatidos. É mais do que natural essa postura, mesmo porque haviam sido derrotados por "apenas" 1 a 0 e estavam lá onde muitos tentaram chegar e não conseguiram neste ano de 2017, com a chance de serem campeões do mundo. Mas a verdade verdadeira e dura de aceitar é a de que o Real Madrid massacrou a equipe gaúcha durante o jogo inteiro da final do Mundial de Clubes. O placar final foi magro devido a uma grande eficácia da defesa do Grêmio, em especial o zagueiro Geromel e goleiro. Além de sorte com bolas na trave ou raspando, sem falar em lances incríveis dentro da área e da pequena área e até gol anulado de Cristiano Ronaldo.

A equipe do Grêmio já havia sofrido muito para conseguir sua classificação à grande decisão. Depois do jogo final houve um discurso honesto falando sobre desgaste de final de temporada. Isso é fato incontestável, afinal os times europeus estão no auge da temporada, se preparando apenas para uma pequena pausa natalina e de fim de ano, mas quase que acabando de jogar a primeira fase da Champions League e acelerando em seus campeonatos nacionais para não perderem vantagens na ponta ou desvantagens para líderes. Mesmo assim sabemos que muitos times brasileiros já venceram campeonatos mundiais em dezembro, será que era simplesmente porque a Libertadores acabava no meio do ano?

Os representantes da América do Sul (segunda maior força do futebol mundial) já ficaram de fora de decisões do Mundial pelo novo formato da FIFA, incluindo brasileiros. Com os europeus isso jamais aconteceu. Mesmo assim o Real Madrid teve suas dificuldades na semifinal. A impressão é que parecia até pior que a situação do Grêmio, pois tomaram um gol e já iam tomando o segundo que fora anulado. A diferença, no entanto, é que o Real Madrid parece não se desesperar. De fato o time dominava mais o jogo desde o seu início, perdendo gols incríveis. Eles mantiveram o ritmo após o revés e chegaram aos dois gols que garantiriam a vitória de forma natural e tranquila, como se nada de ruim estivesse acontecendo.

é impressionante a forma tranquila e objetiva que joga o Real Madrid, desde o ano passado quando também foram campeões mundiais. Nesta temporada a equipe foi ganhando praticamente todos os campeonatos que disputou. O único gol de Cristiano Ronaldo, que aproveitou uma falha da barreira durante uma cobrança de falta, não representou de forma crucial todo o seu domínio no jogo, permitindo ao Grêmio se vangloriar de uma defesa sólida (exceto por sua barreira na cobrança de falta) e uma sorte a mais nos demais lances da partida. Um placar final parecido com o da final da Champions League de 2017 não seria nenhum absurdo, mas 1 a 0 vale tanto quanto uma goleada, vale o título de campeão mundial ao Real Madrid pela sexta vez em toda a sua história.

0 comentários: