Super Bowl LII 2018: Nick Foles

11:56 Net Esportes 0 Comments

Super Bowl
O Philadelphia Eagles derrotou o New England Patriots pelo placar de 41 a 33 e faturou o título do Super Bowl LII. O jogo foi realizado na noite do dia 4 de fevereiro de 2018, no U.S. Bank Stadium, em Minneapolis, Minnesota. Foi a primeira vez em toda a história do Eagles que eles conseguiram conquistar um título de Super Bowl. Antes da criação do Super Bowl, porém, já haviam sido campeões da NFL em três oportunidades. O Eagles também se vingou de uma derrota ocorrida no Super Bowl de 2005 quando foi superado justamente pelo New England Patriots.

O Patriots, por ter sido campeão no ano passado, por ter um total de cinco títulos de Super Bowl e, principalmente, por contar com o quarterback Tom Brady, era o grande favorito para ficar com mais um troféu Vince Lombardi. Mesmo assim o Philadelphia Eagles não era nenhum grande azarão, afinal ambos os times tiveram a mesma campanha na fase de classificação com 13 vitórias e apenas 3 derrotas. Se não bastasse, junto com eles ainda tinha o Pittsburgh Steelers e o Minnesota Vikings com a mesma campanha. O maior campeão do Super Bowl, no entanto, caiu prematuramente nos playoffs diante do Jacksonville Jaguars, enquanto que o Vikings foi assolado pela Maldição do Super Bowl.

E mais incrível do que ver Steelers e Vikings sendo eliminados, era ver o Eagles avançando nos playoffs. Isso porque o quarterback titular da equipe da Filadélfia havia se machucado no final da temporada regular e fora substituído por um desacreditado jogador. Talvez não tão desacreditado quanto parece, afinal ele já foi eleito até mesmo para jogar um Pró Bowl, mas esquentava o banco de suplentes há muito tempo, inclusive de outros times. Ele voltou ao time que o draftou, mas havia pensado em desistir, parar de jogar, encerrar uma carreira que não tinha chegado em lugar nenhum. Para sua sorte e, para a sorte da Filadélfia, ele acreditou um pouco mais.

De um lado estava o multi campeão, recordista e até considerado por muitos como o maior de todos os tempos Tom Brady. Aos 40 anos de idade ele amplia seu recorde de passes para touchdown em Super Bowl, bate seu próprio recorde de jardas em passes com mais de 500 jardas e só falta fazer nevar no frio intenso de Minneapolis. Do outro lado está Nick Foles, aquele reserva que só está jogando porque o titular se machucou. Aquele que lança para pouco mais de 300 jardas e acerta alguns passes para touchdown. Mas nesta noite ele está mais inspirado e contando com um pouco mais de sorte que o rival. Nesta noite ele até recepciona um passe para touchdown e vê seu companheiro mergulhar para encaminhar a vitória. Essa era a noite em que a Águia iria voar mais alto pela primeira vez no Super Bowl.

A equipe do Philadelphia Eagles conquista o Super Bowl pela primeira vez e impede o New England Patriots de igualar as seis conquistas do Pittsburgh Steelers. De quebra ainda força o adversário a amargar sua quinta derrota em Super Bowl´s, igualando o Denver Broncos. Um fumble forçado em Tom Brady no final do jogo foi fundamental para assegurar a vitória, bem como mais um field goal marcado em seguida. A Hail Mary impedida nos segundos finais, bem como o touchdown de Zach Ertz também foram muito importantes, mas ser eleito MVP do Super Bowl LII vindo do banco de reservas, só porque o titular se machucou, mantendo o nível do jogo que fora feito durante a temporada regular e culminado na primeira conquista da história da franquia em um super Bowl, fazem de Nick Foles o maior nome da noite realmente e o segundo indicado ao prêmio Net Esportes de melhor do esporte em 2018.

0 comentários: