Reação que veio tarde

08:45 Net Esportes 8 Comments

O tenista argentino David Nalbandian não estará na Masters Cup deste ano, mas neste final de temporada ele teve uma reação incrível e conquistou dois títulos de Masters Series, batendo nas finais os dois melhores tenistas do ranking da ATP, Roger Federer e Rafael Nadal.

Nascido em Córdoba, o tenista tem um total de 7 títulos na carreira desde o ano 2000 quando se tornou profissional, antes desses dois triunfos seus principais feitos haviam sido um vice-campeonato no torneio de Wimbledon em 2002 e o título da Masters Cup de 2005. Nalbandian teve um inicio de ano ruim e saiu do top 10 do ranking, com os título dos Masters Series de Madrid e Paris ele conseguiu retornar a essa condição.

A vitória em Madrid veio no dia 21 de Outubro quando superou o atual número 1 do mundo Roger Federer, uma virada emocionante por 1-6, 6-3, 6-3, para provar que não havia sido por acaso, David Nalbandian reencontrou o suiço no Masters de Paris ainda pelas oitavas-de-final e conseguiu repetir o feito, dessa vez em dois sets com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3).

Embalado, o argentino passou ainda por David Ferrer e Richard Guasquet, até encontrar o número 2 do Mundo, Rafael Nadal, na grande final, confiante por ter conseguido uma quebra de serviço logo no começo do jogo, ele foi pra cima do espanhol e venceu por surpreendentes 6-4 e 6-0, o esforço na reta final da temporada lhe garantiu o 9º lugar na corrida dos campeões, que não lhe coloca diretamente na Masters Cup mas que mostrou toda a força desse tenista argentino passando pelos melhores da atualidade. (Foto: Remy de la Mauviniere/AP)

- DAVID NALBANDIAN

8 comentários:

Filipe Araújo disse...

agora sim!! reconhecimento ao "gordo" Nalbadian!!! jejeje...

detalhe: além de superar os dois melhores do mundo, em Madrid, David despachu também o número 3, Novak Djokovic!

Grande cordobes!!!

abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Raissa Póvoa disse...

O Nalbandian mostrou que tem tennis para melhor do mundo nenhum botar defeito!

Pena que a reação foi tarde e não veremos o brilhante tenis do Nalbandian no Master Cup!

Ano que vem ele volta, e se continuar jogando assim vai dar muito trabalho!

Federer que se cuide!!!

CÉLIO AQUINO disse...

A ARGENTINA SEMPRE TEM GRANDES TENISTAS, QUE SAUDADES DOS TEMPOS DE GUGA.

No primeiro título o feito foi maior ainda: venceu simplesmente os 3 melhores tenistas do mundo - Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

Reação tarde. Seria forte candidato para a Masters Cup pela boa seqüência. Ainda mais porque o piso da competição é igual ao dos Masters Series.

Vinicius Grissi disse...

Não sei por qual motivo, mas já fazia algum tempo que eu não aparecia por aqui.

De qualquer forma, o Nalbandian é um grande tenista. Gosto do potencial dele. Os jogos costumam ser agradáveis de assistir.

Quem perde mais são os fãs de tenis e o Campeonato (Masters Cup), pois seria um forte candidato.

Já estava na hora de alguém acabar com a hegemonia de Federer e Nadal. Depois do Novak Djokovic, foi a vez do Nalbandian provar que os dois primeiros do ranking não são invencíveis. Agora, resta saber se o argentino mantém o ritmo no ano que vem...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Danilo Damasceno disse...

O argentino deu show, vencer os dois dos melhores tenistas do mundo em uma semana não é para qualquer um não! Abração

Felipe Maciel disse...

David, David... muito esperto ele, não? De novo se aproveitando dos poucos jogos durante o ano pra bater cachorro grande no fim do ano.
Em 2006 ele bateu o Federer da mesma maneira. Não me surpreendei se ano que vem acontecer novamente.