A maior chance de todas

10:53 Net Esportes 6 Comments

Tommy Haas não é um jogador qualquer, em Roland Garros nunca passou das oitavas-de-final mas já foi semifinalista na Austrália três vezes e quadrifinalista no US Open em outras três oportunidades, tem 11 títulos no currículo e já foi até número 2 do mundo em 2002, porém os bons tempos ficaram para trás, hoje já é considerado um veterano, mas um veterano disposto a dar muito trabalho para um certo suiço, que sorriu mais no dia que não jogou.

Perder os dois primeiros sets do jogo válido pelas oitavas-de-final de Roland Garros certamente estavam bem longes de qualquer planejamento de Roger Federer, mas Hass estava realmente disposto a ir mais longe do que jamais foi no saibro de Paris, mas apenas isso, pois o ex-número um do mundo se recuperou totalmente aplicando até um 6-0 no quarto set, venceu de virada por 3 a 2 e manteve viva a maior chance de todas que já teve neste Grand Slam.

O sonho e a esperança se renovam a cada ano, neste até mais do que nos outros talvez, pois todos sabem que o objetivo do tenista suiço é igualar o número de Grand Slam do norte-americano Pete Sampras, além de conseguir o que o este jamais obteve, o título em Roland Garros, que lhe daria conquistas nos quatro grandes torneios de tênis do mundo, feito obtido apenas por Don Budge, Fred Perry, Rod Laver, Andre Agassi e Roy Emerson, sendo que desta vez seu caminho está livre.

Houveram outras chances para Federer, finalista dos últimos três anos, mas sempre parou naquele que até ontem era o "Rei de Roland Garros", Rafael Nadal, que jamais em sua carreira havia perdido neste torneio, que jamais havia perdido mais de um set no mesmo jogo, mas esse dia de revés chegou, ele caiu diante de um sueco desconhecido, disse adeus mais cedo que qualquer um, incluindo Roger Feder, poderiam imaginar e abriu caminho para o suiço, que sem dúvida deve ter ainda três jogos muito difíceis pela frente, mas que tem disparado uma oportunidade de ser campeão que jamais teve antes. (Foto: Patrick Kovarick/AFP)

6 comentários:

Raphael Oliveira disse...

Sem dúvida alguma essa é a grande chance do Federer, sem o Nadal ficará menos dificil.

Raissa Póvoa disse...

É, sem dúvida, a grande chance de Federer. Com o tropeço de Nadal, acredito que deste vez nínguem tira esse título do Suiço.

Vinicius Grissi disse...

A derrota do Nadal foi a grande surpresa da temporada do tênis até aqui. Chance de ouro para o Federer.

F1trulli disse...

nem vou falar muito pra ñ da azar huahauahuahau
+ com essa torcida e o q Monfils ta jogando, pode em fim sair seu grand slam (no tênis sou Monfils)
Monfils ta sendo "o cara" em Paris e tô muito otimista nesse jogo contra Federer

ABRAÇÃO
Ciro Nery
p.s. ñ conseguir logar hoje ^^

Silvio Peters disse...

Só uma correção. O 6-0 foi no 4º set. O 5º foi 6-2.

Acho que a final dá Federer x Gonzales. Jogo duro pq o Gonzales tá brincando com a direita dele.

Net Esportes disse...

@Silvio Prestes: corrigido, muito obrigado por avisar.