Bolt no palco de Owens

10:13 Net Esportes 6 Comments

O Estádio Olímpico de Berlim já foi totalmente reformado, principalmente em seu interior, mas continua sendo o palco dos feitos incríveis de Jesse Owens nas Olimpíadas de 1936, o local que viu um homem negro calar o ditador alemão Adolf Hitler pode ver 73 anos mais tarde outro negro fazer história em seu sagrado recinto, Usain Bolt não é norte-americano e não luta contra nenhuma autoridade local, mas pretende ser a maior estrela do Mundial de Atletismo de 2009 que começa no próximo dia 15 de agosto.

Berlim receberá um total de 2.101 atletas (1.154 homens e 947 mulheres), todos lutando por seus objetivos, mas inevitavelmente vivendo à sombra de Bolt que após brilhar em Pequim busca novamente o status de estrela maior do atletismo mundial, e enquanto no ano de 1936 Owens levou quatro medalhas de ouro por também participar do salto em distância, Usain Bolt restringe seus objetivos apenas à três douradas, os 100m e 200m rasos e o revezamento 4x100m, mas tentando assim como nas Olimpíadas o recorde mundial em todas elas.

Bolt vai chamar a atenção muito mais que os demais atletas sem dúvida, porém o atual campeão mundial dos 100m, Tyson Gay, quer estregar a festa do irreverente jamaicano, ele detém os melhores tempos no ano e quer manter a média na Alemanha, assim sendo o Mundial pode então tender a ressaltar estrelas de outras provas, como Kenenisa Bekele, rei dos 5 e 10 mil metros, ou Blanka Vlašić, a nova rainha do salto em altura, sem esquecer é claro de Yelena Isinbayeva, a musa do salto com vara que precisa se recuperar de uma inesperada derrota que sofreu recentemente.

As disputas vão até o dia 23 de agosto e prometem muita festa no mundo do atletismo, até o modo de disputa da maratona foi alterado incluindo seu final, que não será no estádio e sim no Portão de Brandemburgo, um símbolo da capital alemã. O Brasil, após um triste e grandioso escâncadalo de doping, vai abalado para as disputas, aposta todas suas fichas em Maurren Maggi, campeã olímpica do salto em distância, e em Fabiana Murrer, segunda melhor do ano no salto com vara, tão pouco que fica impossível sonhar com muitas glórias no palco onde já brilhou Owens, e onde quer brilhar Bolt. (Foto: Arquivo)

6 comentários:

Igor Pinheiro disse...

Atletismo é um esporte bem legal, mas tão pouco visto. Bacana um blog dando espaço para ele.

Sobre os prêmios, agora é esperar pra ver...

Vinicius Grissi disse...

É muita gente competindo por medalhas. Ser destaque no meio de tanta fera não é fácil, mas Bolt é realmente um dos grandes concorrentes.

Naya Rangel disse...

Boa iniciativa a sua de fazer um blog com um assunto tão importante! Aqui no Brasil esporte se resume a futebol! Pra mim o Bolt já é o senhor absoluto das provas que participa, difícil alguém superá-lo!

Parabéns pelo artigo, muito bem escrito!

JuANiTo disse...

Estou torcendo por Bolt!
Mas foi um absurdo o vacilo do Dr. na Seleção Brasileira. Eles acharam que não ia dar em nada, injetando aquela substâncias?
Fiquei muito decepcionado!
Abraço!

Loucos por F-1 disse...

Não tenho dúvidas que Bolt irá brilhar novamente, sem dar chance a nenhum americano. O inhame da mãe do jamaicano é bom mesmo...rsrsrs.

Abraço!

Leandro Montianele

André Augusto disse...

Belo gancho o que vc usou. Vamos ver se o cara arrebenta de novo!