César enfim Imperador

14:28 Net Esportes 3 Comments

Por nunca ter sido princeps, Júlio César nunca foi considerado como um Imperador Romano, apesar de ter sido o grande percurso deste importante cargo na antiga Itália, porém alguns séculos depois a história fez questão de reparar este equívoco, dando a outro César este grande status de poder, que embora não seja Júlio e nem italiano, mereceu, pois é um brasileiro e é Cielo, e marcou seu nome na história da natação em Roma, sendo assim inegavelmente visto como um grande Imperador Romano no Foro Itálico.

Um batalhador como poucos que fez questão de confessar que não acreditava no que havia acabado de fazer, vencer os 100m livres com recorde mundial dois dias antes de mais um feito era pouco para esse gigante chamado César Cielo, ele voltou para a piscina em busca de mais um objetivo, em busca de mais um sonho, fez o quarto melhor tempo para as finais do 50m livres, tinha dois franceses contra ele, mas venceu outra vez, agora 'apenas' com o recorde do campeonato.

Uma dobradinha incrível nas duas provas mais rápidas da natação, um feito incrível feito por um brasileiro que jamais desistiu, uma conquista incrível que vai ainda muito além, pois esta foi apenas a segunda vez que um nadador conseguiu vencer a prova dos 50m livres tanto nas Olimpíadas quanto no Mundial de Esportes Aquéticos, o único outro que havia conseguido tal façanha foi ninguém menos que o grande fenômeno russo Alexander Popov em Barcelona 1992 e Roma 1994.

Cielo faz história em Roma e o Brasil enfim alcança um lugar de honra na natação mundial, depois de Ricardo Prado levar ouro em 1982, o país só havia conseguido duas de bronze em 1994, justamente em Roma quando Gustavo Borges e Xuxa comandavam os esforços tupiniquins, agora em 2009 além das duas de ouro com Cielo, o Brasil já ganhou uma prata com Felipe França nos 50m peito e um bronze com Poliana Okimoto na maratona aquática, mostrando que finalmente as braçadas brasileiras enfim estão rendendo como nunca. (Foto: Al Bello/Getty Images)

3 comentários:

Felipe Maciel disse...

É sem dúvida um velocista. Nesta prova, não tem ninguém melhor.

E cada vez que sobe ao pódio, chora menos. Sinal que tá se acostumando com a vitória. Que venham muitas outras...

O maior velocista de todos os tempos da américa latina... e um dos maiores de todos os tempos no mundo. excelente atleta e uma baita personalidade! e ouro é dele, justa e merecidamente

Leandrus disse...

Cielo já está muito próximo de ser o melhor de toda a história da natação brasileira. Isso se já não é, porque 2 ouros em um Mundial e outro nas Olimpíadas é algo que outro brasileiro não conseguiu. Até Phelps já se rendeu a ele.