Até o Nadal precisa de tempo

15:29 Net Esportes 1 Comments

Sports News - April 19, 2010
Um jogador incansável, assim talvez fosse a melhor forma de definir o estilo de jogo do tenista espanhol Rafael Nadal, o consagradíssimo "Rei do Saibro" que até o ano passado era absolutamente insuperável atuando na superfície de terra batida, porém o seu limite chegou no triste ano de 2009 quando uma lesão lhe impediu de levar o quinto título seguido de Roland Garros, troféu que foi para as mãos de Roger Federer pela primeira vez mas sem que o suiço pudesse lhe superar na grande decisão, onde nem conseguiu chegar devido a uma lesão que veio após a conquista de três títulos seguidos jogando em seu piso favorito, um ritmo intenso que nem o incansável Nadal conseguiu aguentar mais.

Quando ainda estava com 18 para 19 anos, as coisas eram muito melhores, Nadal corria como ninguém, ganhava títulos seguidos e sobrava em quadra, Monte Carlo, Barcelona, Roma e muito gás ainda para levar o principal de todos eles, Roland Garros, 2005 ficou na história assim como 2006, 2007, 2008 e quase em 2009, o ano em que o gás talvez tenha começado a acabar, o incansável Rafael Nadal chegava no seu limite quando chegou em Paris, tinha dores no joelho e estava longe de seus condições físicas ideais para um torneio de Grand Slam, o resultado acabou sendo sua primeira derrota no saibro francês pela primeira vez em sua carreira, uma frustração que ele espera não repetir, por isso mudou completamente sua rotina.

Agora Nadal tem quase 24 anos, precisa usar mais sua técnica do que sua velocidade e força, por incrível que pareça o espanhol precisa de tempo, e assim ele desistiu de disputar nesta semana o ATP de Barcelona, tudo porque no último final de semana ele se tornou hexa campeão do torneio de Monte Carlo, a sua conquista mais rápida entre todas que já levou no principado, cinco jogos sem perder nenhum set que duraram nada a mais do que 6h10min, ele correu o suficiente, arrasou adversários, poupou o joelho e ainda vai parar para descansar nesta semana, tudo com um só objetivo, estar inteiro para o torneio de Roland Garros, pois esse sim é o que mais importa, esse ele quer muito voltar a vencer.
ATP Masters Series Tennis Tournament, Final match, Rafael Nadal vs Fernando Verdasco
Em terceiro lugar no ranking e se aproximando cada vez mais de Novak Djokovic, Nadal parece ter tomado mesmo a decisão mais sábia, o tempo passa para todos e os riscos de se lesionar ou de não conseguir dar o seu melhor em quadra aumentam muito com esse fator inevitável, a idade avança e não conseguir um bom desempenho às vezes se torna impossível, e mesmo que jogue em Roma ainda haverá mais um tempinho de descanso e preparação para a estreia em Roland Garros no final de maio, onde mais do que ninguém ele quer recuperar o título, recuperar o status de "Rei do Saibro" e voltar a ser o bom e velho Rafael Nadal de sempre, só falta saber se Roger Federer não tentará evitar isso, pois é o que todos esperam para que a emoção não falte de forma alguma.
(Fotos: ZumaPress e Newscom via PicApp)

1 comentários:

FilipeJMS disse...

O tênis exige muito dos atletas, só lembrar o nosso Guga que teve que abandonar a sua carreira cedo devido as lesões que acumulou ao longo de sua vitoriosa carreira.

Pesa contra o Nadal, o fato dele ser um jogador de força e assim exige muito mais do seu físico. O Federer é mais técnico e com isso sabe dosar melhor o ritmo do jogo!