Fernando Alonso e o GP Brasil

10:15 Net Esportes 2 Comments

SUZUKA, JAPAN - OCTOBER 07: Fernando Alonso of Spain and Ferrari attends the drivers autograph session during previews to the Japanese Formula One Grand Prix at Suzuka Circuit on October 7, 2009 in Suzuka, Japan. (Photo by Mark Thompson/Getty Images)
O mestre Adrian Newey entrou em cena mais uma vez para fazer um carro que pode ser considerado imbatível na Fórmula 1 de 2010. O problema da Red Bull no entanto foi a falta de controle do ímpeto excessivo de seu piloto mais jovem e a falta de sorte do veterano que apesar da constância errou em um momento crucial do campeonato. No próximo domingo não existe chance de título para Sebastian Vettel e não há qualquer possibilidade de soltar o grito de campeão para Mark Webber. Christian Horner ainda tem esperanças mas o único corredor com chances de levar o mundial de pilotos no GP Brasil pertence à Ferrari, seu nome é Fernando Alonso e seu país de origem é a Espanha. Um piloto que virou sensação na categoria máxima do automobilismo que acabou despertando tanto amor quanto ódio dos mais aficionados torcedores. Na corrida em São Paulo viveu bons momentos, mas alguns podem ser esquecidos.

2001 - 19 anos - Equipe Minardi
19 Aug 2001:  Portrait of Minardi driver Fernando Alonso the Formula One Hungarian Grand Prix at the Hungaroring in Budapest, Hungary. \ Mandatory Credit: Clive Mason /Allsport
O começo foi mais do que difícil. Alonso terminou em 12º na Austrália e 13º na Malásia, mas no GP Brasil acabou abandonando após 25 voltas com problemas elétricos no carro. Ficou em 19º lugar à frente dos corredores locais Enrique Bernoldi e Rubens Barrichello, além de Mika Häkkinen que não deu nem uma volta. A vitória foi de David Coulthard e o espanhol mostraria mais tarde que nem sempre o GP Brasil seria tão ruim para ele.

2003 - 21 anos - Equipe Renault
SPIELBERG, AUSTRIA - MAY 17:  Renault boss Flavio Briatore with Fernando Alonso of Spain wait in the paddock after qualifying for the Austrian Grand Prix on May 17, 2003 at the A1 Ring in Spielberg, Austria. (Photo by Clive Rose/Getty Images)
No ano de 2003 a parceria com Flávio Briatore e o início do sucesso com o primeiro pódio na Malásia e repeteco do feito no GP Brasil ficando novamente em terceiro lugar. O resultado começava a mostrar que a cidade brasileira trazia boas energias ao espanhol e que não iria demorar muito para ele alcançar a maior glória da carreira. Bastou um pouco de persistência e paciência, além de muito trabalho e claro dedicação com um talento nato.

2005 - 24 anos - Equipe Renault
NORTHAMPTON, UNITED KINGDOM - JULY 10: Fernando Alonso of Spain and Renault poses with models Lucy Pinder and Michelle Marsh for the photographers before the British F1 Grand Prix on July 10, 2005 in Silverstone, England.   (Photo by Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images)
Depois de uma 4ª colocação em 2004, Alonso voltou ao pódio novamente na terceira colocação em 2005. O feito no entanto valeu mais do que uma vitória, valeu 23 pontos de vantagem em 20 ainda possíveis sobre Kimi Räikkönen na classificação do campeonado e valeu a conquista do título de campeão mundial de Fórmula 1. A vitória neste ano foi do colômbiano Juan Pablo Montoya, que na época corria na McLaren e era companheiro de equipe de Räikkönen, o piloto finlandês que terminou a prova na segunda colocação.

2006 - 25 anos - Equipe Renault
MONTE CARLO, MONACO - MAY 28:  Fernando Alonso of Spain and Renault celebrates after finishing first as Juan Pablo Montoya of Columbia and McLaren-Mercedes finishing second walks away after the Monaco Formula One Grand Prix at the Monte Carlo Circuit on May 28, 2006, in Monte Carlo, Monaco.  (Photo by Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images)
Fernando Alonso nunca venceu no GP Brasil, mas em 2006 alcançou sua melhor posição, sendo segundo colocado atrás de Felipe Massa que venceu a prova. Desta vez mais uma doce lembrança para o espanhol, pois ele se tornou campeão mundial da Fórmula 1 pela segunda vez na carreira. A corrida ficou marcada pelo show de Michael Schumacher, o único que tinha chances de ainda levar o título e que fez o rival Alonso disparar a seguinte frase após o final da prova - "Eu fui extremamente sortudo em vencer um campeonato com Schumacher ainda correndo, foi um prazer correr com ele", sem saber que um dia isso voltaria a acontecer.

2007 - 26 anos - Equipe McLaren
SAO PAULO, BRAZIL - OCTOBER 21:  (L-R) Ferrari Team Principal Jean Todt, second placed Felipe Massa of Brazil and Ferrari, race winner and new F1 World Champion Kimi Raikkonen of Finland and Ferrari and third placed Fernando Alonso of Spain and McLaren Mercedes celebrate on the podium following the Brazilian Formula One Grand Prix at the Autodromo Interlagos on October 21, 2007 in Sao Paulo, Brazil.  (Photo by Clive Mason/Getty Images)
No ano de 2008, novamente na Renault, Alonso voltaria a ser segundo e em 2009 amargaria mais um abandono, desta vez sofrendo um acidente. Antes porém, em 2007, a corrida mais traumática de sua carreira em Interlagos. O piloto espanhol tinha pouca chances diante das possibilidades de Lewis Hamilton, mas o inglês errou e na briga restava apenas ele e Kimi Räikkönen como em 2005. A sorte do finlandês era que Alonso estava em terceiro, atrás dele, e com Felipe Massa na primeira posição. A Ferrari como de costume inverteu a posição de seus pilotos e o homem de gelo acabou levando o campeonato. Mais tarde em 2010 Fernando Alonso provaria dos mesmos benefícios que só a equipe italiana sabe dar, e quem sabe lhe dê novamente no GP Brasil daqui a uma semana. (Fotos: Referentes apenas aos anos correspondentes exceto 2008 - Clive Mason /Allsport, Clive Rose/Getty Images, Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images)

2 comentários:

Post sensacional. É sempre bom lembrar que todos começamos por baixo para um dia chegarmos ao topo.

Abração,

Luís
porforadogramado.blogspot.com

Luiz Paulo Knop disse...

Fantástico o post!!! Independente das "pilantragens" de Alonso, ele é o melhor piloto da atualidade, está provado, mesmo que não ganhe o campeonato. É um piloto para entrar na galeria de Senna e Schumacher.

O mais legal foi que apesar de não ter vencido no Brasil, sempre teve resultados interessantes.

Aproveito para divulgar meu blog. Um blog recheado de esportes com muita informação e interação com o leitor.

http://esporteresenha.blogspot.com