Alberto Contador punido por doping

10:40 Net Esportes 0 Comments

Alberto Contador dopingUma das imagens mais interessantes do Tour de France de 2011 mostra um torcedor vestido de médico e correndo atrás de Alberto Contador durante uma etapa de subida. O espanhol, extremamente irritado com a provocação, acerta um soco no rosto do espectador que acabou por ser captado de forma exímia por um fotógrafo que cobria a competição. Tal atitude do fanático por ciclismo tinha uma razão, pois Contador era acusado de doping em um exame feito na edição de 2010 da Volta da França. Não foi a primeira vez que ele sofreu com doping, já que esteve envolvido com a operação puerto de 2007 e também foi acusado por Greg LeMond em 2009, ano que também vencera o Tour de France. Por isso talvez a demora de 565 dias para a suspensão e perda do título de 2010 na França, por isso a insistência em se conseguir uma sentença nesse esporte que infelizmente se acostumou a viver com manchas em seu passado.

Naturalmente a reação dos espanhóis são de revolta. Falam em injustiça e recebem até a ajuda de Eddy Merckx. O belga diz que "alguém quer a morte do ciclismo" e acrescenta "Se procuram a pureza do esporte, cem por cento dos ciclistas dariam positivo nos controles antidoping". A afirmação é gravíssima, mas não quer dizer que seja tão verdadeira. Assim isso só significa que podemos duvidar da credibilidade dos seus próprios títulos conquistados, dentre os quais estão cinco vitórias no Tour de France (1969, 1970, 1971, 1972, 1974). A decisão não pode ser vista como uma "caça às bruxas". Se o doping não for combatido, a esporte irá perder mais do que perde quando alguém é suspenso, mesmo que seja um grande campeão e ídolo. Contador tinha um histórico e motivos, além das provas irrefutáveis acerca desse caso em particular.

Doping por clenbuterol. Uma droga que aumenta a performance do competidor com perda de peso e fortalecimento muscular que alguns ciclistas utilizam ilicitamente durante a offseason para melhorar seu desempenho em grandes escalas nas montanhas. E o Tour de France tem muitas escaladas de montanhas. Contador disse que a substâncias veio de uma carne contaminada, mas apenas uma em cerca de 83 mil amostras de animais testados pelos países membros da UE estava contaminada, só na Espanha foram 19431 testes e nenhum contaminado. Contador não deu amostras da carne que comeu e ainda teve resísuos de plástico encontrados em sua amostra de urina. Isso indica que ele pode ter feito doping sanguíneo, sendo contaminado por clenbuterol por um sangue que já estava contaminado, ou seja, por um ou por outro ele já estava errado em suas atitudes de qualquer forma.

Você sabe quem é Oscar Pereiro? Ele é um ciclista espanhol como Contador, mas sua história não tem nada haver com casos de doping. Pereiro foi o campeão do Tour de France em 2006, mas levou a taça depois que o americano Floyd Landis fora desclassificado anos depois por doping. A história se repetiu e agora quem herda do título é Andy Schleck. O jovem luxemburguês não gostou muito da idéia a príncipio, disse que perdeu na estrada e que isso não era uma forma muito interessante de ser campeão de um Tour de France, título que ele busca a muito tempo depois de ter sido vice-campeão nos três últimos anos. Andy Schleck deve ter esquecido que seu pé escapou do pedal quando era líder em 2010 e que Contador não o esperou e diminuiu a diferença tirando segundos essenciais para ele naquele ano. Contador usa doping e ainda por cima não faz prática dos códigos de ética.

Com justiça ou injustiça. Perseguição e tentativa de tirar Contador dos Jogo Olímpicos. Politicagem? Lance Armstrong viu nesta mesma semana suas investigações de doping serem arquivadas. Tudo é para o bem do esporte, mas os escândalos no ciclismo causam mais impacto do que qualquer outro esporte e as punições não tiram futuras dúvidas e suspeitas. Estavam mesmo limpos Carlos Sastre e Cadel Evans? só porque não houve qualquer teste positivo? Sim, temos que confiar nas agências anti-doping e pensar apenas que aquele que não for flagrado no exame ganhou porque é realmente bom e treinou para ser o melhor. Se não for assim o ciclismo está mesmo acabado, os campeões serão os vices e os resultados saem em dois anos. Em 2014 contaresmo a história do futuro grande campeão do Tour de France de 2012. (Foto: Jasper Juinen/Getty Images)

0 comentários: