Canadá é ouro finalmente

08:33 Net Esportes 0 Comments

Freestyle Skiing Men's Moguls - Day 3
O esporte era o Esqui Estilo Livre e a modalidade era a mesma, o Moguls, todo um país parou para ver sua maior estrela competir, Jennifer Heil era a atual campeã olímpica, era a favorita, era a grande esperança canadense para finalmente conquistar uma medalha de ouro em uma Olimpíada disputada no Canadá, mas no momento decisivo ela não repetiu sua melhor performance, foi desbancada na final pela americana Hannah Kearney, porém sem colocar um final na esperança que ainda continuava viva, pois a prova de Moguls masculina ainda estava por vir.

A disputa começa e o pior acontece, um tombo incrível espanta os espectadores, o americano Patrick Deneen fazia sua descida em alta velocidade quando perdeu o equilíbrio, caiu, atropelou uma das placas da pista e cruzou a linha de chegada ainda deslizando, ele era o favorito para a vitória, e acabou abrindo caminho que nem o mais otimista canadense poderia esperar, abriu caminho para um jovem de quem poucos acreditavam, era só um sonho distante, mas Alexandre Bilodeau acabou com um dos maiores jejuns da história do Canadá em Olimpíadas.

Nem nos Jogos de Verão de Montreal 1976 e nem nos de Inverno de Calgary 1988, o Canadá vivia a sina de não vencer uma prova olímpica quando as Olimpíadas aconteciam em seus domínios, algo sempre dava errado como ocorreu logo no primeiro dia com Jennifer Heil, mas desta vez a vontade era muito maior, e a força e a fé superaram qualquer impecílio que pudesse impedir este grande sonho de ser realizado, desta vez surgiu do nada o herói Bilodeau, que foi preciso em sua descida e perfeito em seus saltos acrobáticos, que fez 26,75 pontos, suficientes para ter a medalha de ouro no peito.
Freestyle Skiing Men's Moguls - Day 3
Ironicamente na segunda colocação ficou Dale Begg-Smith, que é um canadense naturalizado australiano, ele mudou a nacionalidade por divergências com a Federação Canadense de Esqui Estilo Livre e viu um de seus dirigentes ficar extremamente revoltado com o resultado da prova, acusando os juízes de terem favorecido Alexandre Bilodeau em detrimento de Dale Begg-Smith por este ter se tornado australiano, a polêmica veio em torno das notas altas que Bilodeau recebeu, vistas como impossíveis por Geoff Lipshut, mas que já foram dadas e não tem como voltar atrás, assim só resta ao Canadá festejar, e quem sabe não tenha sido até o primeiro ouro de muitos que víram pela frente. (Fotos: Jamie Squire/Getty Images e Streeter Lecka/Getty Images via PicApp)

0 comentários: