Vancouver tem dia agitado

09:19 Net Esportes 0 Comments

Ski Jumping
Foi colocada uma parede de madeira na agora conhecida como 'curva da morte' da pista de Luge, os concorrentes ao ouro são obrigados a largar da parte mais baixa que é normalmente usada para as largadas do feminino, e todos estão adotando uma cautela acima do normal para realizarem suas descidas, a morte do atleta georgiano nos treinos de sexta-feira ainda deixa muitas pessoas abaladas, mas mesmo assim o público lotou o local da competição que começou neste sábado em Whistler, e ainda vendo cair uma neve que dava tom da graça em Vancouver 2010, palco dos Jogos Olímpicos de Inverno, que viu seu primeiro dia ser muito agitado.

Ruben Gonzalez, o argentino 'falastrão' decepcionou e ficou na última colocação do primeiro dia de disputas do Luge, em um dia de luto quem se deu melhor foi o alemão Felix Loch, que terá que manter o desempenho hoje caso queira festejar tanto quanto Simon Ammann, atleta que levou o primeiro ouro desta edição dos Jogos, um ouro que veio na prova de Saltos de Esqui onde obetve um desempenho sensacional, levando 276.5 pontos em saltos de 105 e 108 metros, resultado visto como uma grande recuperação do atleta que após ter levado duas medalhas de ouro nas Olimpíadas de 2002, havia decepcionado na edição de Turim 2006.

Outro que também não decpecionou foi o holandês Sven Kramer na prova dos 5000 metros da patinação de velocidade, sua bateria foi ao lado de ninguém menos que Shani Davis, dos Estados Unidos, mas o norte-americano foi ficando para trás enquanto Kramer seguia destruidor na disputa, bateu o recorde olímpico e passou a lutar contra a aflição de esperar o final da prova para festejar, o atual campeão olímpico Chad Hedrick ainda iria fazer seu tempo, mas acabou não indo muito bem para alegria e festa contagiante de Sven Kramer, ele não se conteve e correu para a arquibancada, comemorando muito com a torcida e abraçando todos os seus familiares.
Vancouver 2010: Russia's Skobrev wins bronze in 5000m Men's Speed Skating
A festa que foi grande na Holanda acabou sendo maior ainda em outro país, a Eslováquia, que finalmente viu seu primeiro ouro em toda a história dos Jogos Olímpicos de Inverno, ele veio através do esforço e precisão de uma atleta que precisou de muita força e pontaria para vencer a disputa de 7,5Km do Biatlo, Anastazia Kuzmina só errou um tiro e completou o duro percurso com o tempo de 19m55s06, desbancando a alemã hexacampeã mundial Magdalena Neuer, para delírio incontrolável dos seus fãs a também de grande parte da torcida local, que agitava muito nas arquibancadas e um primeiro dia bem agitado das Olimpíadas de Inverno, e que promete ser mais agitado ainda nos próximos. (Fotos: ZumaPress e Vitaly Belousov/Neswcom via PicApp)

0 comentários: