E o NBoscAr 2012 vai para ...

11:17 Net Esportes 0 Comments

All-Satr Game da NBA entrega do Oscar NBoscArA maior festa do cinema de um lado, no Hollywood and Highland Center, em Los Angeles, Califórnia. O jogo festa do basquete da NBA do outro, no Amway Center, em Orlando, Florida. Meryl Streep é consagrada com sua terceira estatueta após 17 indicações entre melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. Kobe Bryant é consagrado também, mas não com o prêmio de MVP e sim com a quebra do recorde de pontos que pertencia à Michael Jordan. Os Academy Awards elegem os seus favoritos para levarem o prêmio de melhores do ano, e na mesma noite o esporte não poderia deixar de eleger também os melhores de um jogo que não é um jogo qualquer, é um jogo que conta com estrelas do mesmo nível das estrelas de Hollywood que desfilaramm no tapete vermelho.

O que realmente desagrada, em uma cerimônia de premiação como a do Oscar, é o tempo que ela dura, muito mais do que um jogo de basquete. Isso acontece pelo grande número de intervalos comerciais e também pelo grande número de prêmios, que vão desde direção de arte até melhor Edição/Montagem ou melhor mixagem de som. É muito prêmio. E é claro que os vencedores merecem, afinal se não fosse pelo trabalho exemplar de Dante Ferretti e Francesca Lo Schiavo, o filme "Hugo" poderia não ser tão bom. E no All-Star Game se tem alguém que merece levar o NBoscAr de melhor direção de arte, esse alguém deve ser o responsável pela escolha dos uniformes e da logo do jogo. Sem dúvida alguma o visual da partida fica muito melhor com uniformes iguais do que cada um com o do seu time como era antigamente.

E se o uniforme é tudo igual, então como poderemos dar o prêmio de melhor figurino? Basta olhar para os pés dos jogadores, todos eles com tênis personalizados e que chamam mais a atenção do que o Spike Lee na beira da quadra ao invés de estar com o seu 'pessoal' em Los Angeles. E assim o NBoscAr vai para Derrick Rose e seu calçado vermelho que parecia queimar como fogo. Melhor que isso só a entrada em quadra dos jogadores do Leste, com muita fumaça e NBoscAr de melhores efeitos visuais para eles. Já o correspondente de 'The Iron Lady', que venceu o Oscar de melhor maquiagem/caracterização, não será nenhum jogador e sim um espectador do jogo das estrelas. NBoscAr para o cantor de hip-hop Lil' Wayne, que usava fones de ouvido e até diamantes. Assim nem a Nicki Minaj consegue superá-lo.

O bom é que Wayne não cantou, fazendo com que o NBoscAr de melhor trilha sonora fosse para Mary J. Blige, que interpretou o hino nacional americano antes do jogo. Um momento sempre muito emocionante, tanto quanto o discurso de Octavia Spencer em agradecimento ao prêmio de melhor atriz coadjuvante no Oscar. Agora o NBoscAr de melhor canção original foi impossível de ser determinado, afinal todo mundo que se apresentou no intervalo do jogo teve uma excelente performance. Foi tão excelente e interessante quanto a história de Jeremy Lin, que não estava no All-Atar Game, mas participou do jogo dos novatos na sexta-feira. Foi suficiente para ele levar o NBoscAr de melhor roteiro original, pois o melhor roteiro adaptado vai para a falta feia de Dwyane Wade em cima de Kobe Bryant que fez até sangrar o nariz da estrela do Lakers.

Isso que eu chamo de adaptar um roteiro pronto. Afinal o All-Star Game é um jogo festa, que fica sério apenas no final, quando ninguém quer perder e quando o placar termina em 152 a 149 para o Oeste. Foram cinco minutos eletrizantes e NBoscAr de melhor curta-metragem. Já o melhor documentário do All-Star Game de 2012 pode ir para LeBron James, ou para o erro dele no final da partida. Um erro que acabou custando o empate do Leste, a prorrogação da festa e das emoções e talvez até o prêmio de MVP desse ano, afinal ele terminou a partida com 36 pontos. Não faltou história para fazer um documentário tão bom quanto 'Undefeated' ou 'Saving Face'. Mas está chegando o final da festa e os principais prêmios devem ser entregues também. E o NBoscAr 2012 vai para ...

É claro que não da para fugir do óbvio. Na NBA não tem um artista, tem vários e eles venceram o jogo. O melhor filme é o melhor time, o Oeste. O melhor ator é o MVP do jogo, Kevin Durant, com os mesmos 36 pontos de LeBron James, que vê seu documentário ficar ainda mais interessante. Já o melhor diretor vai para o técnico do time vencedor, NBoscAr para Scott Brooks, do Oklahoma City Thunder, que pode ser considerado melhor técnico da temporada também. E por fim deixamos o melhor ator coadjuvante, o cara que jogou tão bem quanto o MVP, mas que não levou o prêmio principal da noite, o cara que teve o nariz sangrando e o cara que se diverte no jogo feito para se divertir. Kobe Bryant, do Lakers que joga lá na cidade onde estava acontecendo a entrega do Oscar. Tudo porque ele chegou aos 271 pontos em All-Star Game e superou o recorde de 262 que era de Michael Jordan. O basquete não é muito diferente do cinema, os landários vão sendo superados pelos novos talentos, mas jamais serão esquecidos porque todos ficam na história, com ou sem NBoscAr. (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)

0 comentários: