Histórias do Basquete III

11:08 Net Esportes 11 Comments

Em busca de um jogo mais rápido, dinâmico e porque não um show dentro de quadra, a BAA (Basketballl Association of America) e a NBL (National Basketball League) se juntaram em 1948 para formar a NBA (National Basketball Association), sigla que só sería adotada em 1950, mas que em 1949 já mostrava a lógica e o sentido para qual foi criada.

Surgiu assim o showman e com ele veio um time que em seis temporadas faría história, o Lakers, que nessa época era baseado em Mineápolis, deu início a primeira dinastia do basquete norte-americano em 1949, quando foi campeão pela primeira vez, e mostrou ao mundo um jogador diferenciado, um pivô que mudou completamente a forma de se jogar basquete.

Branco, com um porte físico não muito avantajado e ainda por cima usando óculos, George Mikan com os seus 2,08m, inventou a enterrada, marcou mais de 10 mil pontos, e defendeu seu time como à própria vida, a ponto de dar uma cotovelada no próprio irmão durante uma disputada partida.

Depois de dizer à própria mãe que se ela estivesse em quadra tomaria uma cotovelada também, Mikan não foi repreendido, e sim exaltado mais ainda, quando a equipe enfrentou o New York Knicks no Madison Square Garden, o letreiro anunciava Geo Mikan vs. Knicks, mesmo que Jim Pollard e Vern Mikkelsen fossem tão importantes para a equipe quando o pivô grandalhão.

O Minneapolis Lakers passou pelo Washington Capitols nas finais de 1948/1949 e alcançou o bi-campeonato em 1949/1950 derrotando o Syracuse Nationals na série decisiva, na temporada seguinte mesmo com George Mikan terminando o ano como cestinha, a equipe não chegou na final, mas conseguiu outros três títulos seguidos em 52-53-54, no primeiro grande domínio da história da NBA. (Foto: Arquivo)

11 comentários:

Anônimo disse...

Não imaginava que NBA fazia tanto tempo!
Desde a década de 50?
E já começou fazendo sucesso.
É um dos mais famosos times do mundo!

Superando abusos disse...

mudamos nosso banner veja lá

putz nbaexiste desde 50? caraca

Unknown disse...

Nossa, também estou espantada como eles aí em cima. NBA desde da década de 50? Não imaginava isso tudo. Muito bom o texto! Adoro aqueles jogos de basquete que na verdade são shows de raça ao time, garra e enterradas fantásticas!
Parabéns pelo blog,.

Beijo!

Ola,tudo bom?
Seu blog é muito bom nunca tinha entrado!
Já está adicionado nos favoritos do meu blog sobre as olimpiadas de lonres 2012
www.brasilemlondres2012.blogspot.com

Um abraço e parabens pelo blog
Guilherme Costa

Daniel Leite disse...

Bendito seja o ano de 1948! A NBA é simplesmente sensacional, a melhor das ligas americanas. Não sei se existe um campeonato, de qualquer modalidade, que reúna a nata de um esporte como faz esta liga. E os Spurs estão se recuperando... Rumo ao penta!

Até mais!

Leandrus disse...

Não sabia da história, e olha que gosto muito de NBA! Temos que venerar esse cara, afinal ele foi o criador das enterradas, que dá todo um charme ao basquete (pelo menos pra mim, rs).

Ateh!

Vinicius Grissi disse...

A NBA é uma das grandes coisas da história do esporte. Fantástica. E melhora a cada ano.

Alexandre Silva disse...

Aqui no Brasil poderia ocorrer algo semelhante... com 60 anos de atraso, mas...rsrsrsr

Cara, apesar de n~çao gostar, tô aqui respeitando as convenções sociais e te desejando um Feliz Natal

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

Marcelonso disse...

Meu camarada,

Valeu pela participação neste ano que finda,desejo um Feliz Natal e um Belo Ano Novo a vc e todos os seus.

grande abraço

Anônimo disse...

Net Esporte,

Passando pra desejar um Feliz Natal e um excelente Ano Novo pra vc e pra sua família...

Feliz Natal pra Todos!

Anônimo disse...