Dez maiores recordes de sequência

10:52 Net Esportes 0 Comments

Em maio de 2011 publicamos aqui neste blog aquele que é até hoje a postagem mais acessada de nossa história. Houve alguma polêmica, talvez pelo título do texto que era "Os dez recordes inquebráveis". O correto deveria ter sido "Dez maiores recordes de sequência", como estamos fazendo agora após nove anos. O primeiro motivo é que existem incontáveis recordes no mundo dos esportes, e o outro é que naquela lista original tivemos um recorde que acabou sendo quebrado já no ano seguinte da publicação, ou seja, não era tão inquebrável assim apesar de ter durado mais de 50 anos. Fora isso queremos também fazer algumas citações como menções honrosas, indicado por alguns leitores que fizeram comentários.

Antes de iniciar a lista ressaltamos que é um top dez dos maiores recordes mundiais conseguidos com algum tipo de sequência grandiosa, ou seja algo feito de forma consecutiva. Isso significa que não tem 1000 gols de Pelé ou medalhas de ouro de Michael Phelps. São recordes que talvez nunca sejam superados ou que demore longos anos para isso acontecer novamente.

Recordes sequência

Martina Navratilova
Venceu 74 partidas consecutivas no tênis
Martina Navratilova se consolidou como uma das maiores tenistas de todos os tempos. Ela conseguiu nada a menos do que 74 triunfos seguidos em 1984, período em que venceu 13 competições incluindo três Grand Slam. A jogadora só foi superada na semifinal do Aberto da Austrália. É seguida de perto apenas por Steffi Graf que conseguiu 66 vitórias seguidas. Além disso ela conseguiu em 17 anos consecutivos (1974 - 1990) vencer pelo menos um título de Grand Slam em cada ano, com um total de 53 Grand Slams durante esse período. Esses 53 Grand Slams vieram de competições de simples, duplas e duplas mistas. Navratilova é um dos tenistas mais versáteis que já pisou em uma quadra de tênis, e essa marca apenas reafirma isso. Navratilova conquistou 18 títulos de Grand Slam em simples durante a sua carreira, 31 campeonatos de duplas e 10 Grand Slams de duplas mistas.

Drew Brees
54 jogos consecutivos com passe para touchdown na NFL
O atual quarterback do New Orleans Saints detém o recorde de 54 jogos consecutivos com pelo menos um passe de touchdown. Essa marca incrível pertenceu a Johnny Unidas (que estava na lista original feita aqui) até o dia 7 de outubro de 2012, quando Brees quebrou o feito que durava inacreditáveis 52 anos. Drew Brees jogou um passe de touchdown em 54 jogos seguidos, o que significa que ele jogou pelo menos um passe de TD por três temporadas seguidas, já que o número de jogos da NFL por ano é de no mínimo 17. Desde que Brees quebrou o recorde, outros dois quarterbacks se juntaram a ele deixando o grande Unitas um pouco mais para trás: Peyton Manning (51 jogos) e Tom Brady (52 jogos). A quinta marca ainda é de Brees com 45.

Éric Gagné
84 jogos consecutivos salvos na MLB
Deste recorde Mariano Rivera deve ter muita inveja. Por incrível que possa parecer o "save" não era registrado como estatística no beisebol da MLB, logo esse esporte que consegue mostrar com precisão vários números do começo do século passado. Assim restou a Éric Gagné, jogador que começou sua carreira no Los Angeles Dodgers em 1999, conseguir entre os anos de 2002 e 2004 a marca de 84 jogos seguidos salvos, ou seja, entrar para arremessar e garantir a vitórias da sua equipe. Perto dele só Tom Goron com 54. No beisebol "salvar" um jogo significa que o arremessador entra apenas para eliminar três jogadores do time adversário quando sua equipe está com a vantagem no placar encerrando assim a partida e garantindo a vitória.

Edwin Moses
122 vitórias consecutivas no atletismo
Ele começou sua carreira no 110 metros com barreiras, 400 metros e revezamento 4 x 100, mas foi nos 400m com barreiras que Edwin Moses conseguiu um dos feitos mais impressionantes do esporte. Em dez anos ele conseguiu nada a menos do que 122 vitórias seguidas, incluindo 107 finais. Ninguém ganhou tantas corridas de pista em sequência na história quanto Moses. A dura derrota após nove anos, nove meses e nove dias veio em 1987, quando foi superado pelo colega americano Danny Harris. Ele era simplesmente imbatível. Nas Olimpíadas de Montreal de 1976, antes mesmo de começar a série, ele estabeleceu um recorde mundial. O verão após seu primeiro ouro olímpico foi a última vez que ele perdeu em dez anos, e ele estabeleceu mais alguns recordes no caminho. A derrota para Danny Harris foi por uma diferença de apenas 0,11 segundos. Depois de Edwin Moses aparece outro grande nome do atletismo, Carl Lewis, com 65 vitórias seguidas.

Julio Cesar Chavez
87 vitórias consecutivas no boxe
Hoje vemos Floyd Mayweather Jr. com 50 vitórias seguidas no boxe, incluindo vitórias contra Manny Pacquiao e Conor Mcgregor. Nos pesos pesados o lendário Rocky Marciano conseguiu 49 vitórias seguidas sem nenhuma derrota, com o detalhe que era peso pesado. Mesmo assim a maior sequência de vitórias no boxe vai muito além disso, ela pertence a Julio Cesar Chavez, que entre 1980 e 1993 conseguiu a incrível sequência de 87 vitórias consecutivas até o empate com Pernell Whitaker. Depois disso ainda ganhou outras duas e finalmente foi superado Frankie Randall em 1994, lutador que ele derrubou na luta seguinte. Cesar Chavez foi um dos pugilistas mais versáteis e duráveis da história do esporte, o que é notável, considerando que todo o esporte é baseado em golpes fortes e resistência incrível. Chavez encerrou a carreira com 107 vitórias, 89 nocautes, seis derrotas e dois empates.

Jerry Rice
274 jogos consecutivos com uma ou mais recepção na NFL
Qualquer um dos recordes anteriores dificilmente será quebrado, mas o de Jerry Rice certamente nunca será superado. Drew Bress iria gostar muito de jogar com Jerry Rice, pois de 1985 até 2004 ele jamais passou um jogo sequer sem pelo menos receber um passe, sem fazer ao menos uma recepção em um jogo que atuou. Quando o Oakland Raiders perdeu para o Buffalo Bills no dia 19 de setembro de 2004 e o mundo viu Jerry Rice passar em branco e mal podiam acreditar, a sequência mágica de 274 jogos seguidos fazendo uma recepção estava terminada, após 19 anos, mas com certeza que ninguém vai conseguir superar, mesmo porque o mais próximo que chegaram foi 160. Rice se aposentou em 2005 com a camisa do Broncos. Ele ganhou três títulos de Super Bowl e foi eleito MVP em um deles.

Wayne Gretzky
51 jogos consecutivos marcando gol na NHL
Ele foi reverenciado até no seriado "Todo Mundo Odeia o Chris", onde seu nome Gretzky foi escrito errado na camisa do irmão de Chris. Tudo porque Wayne Gretzky foi sem dúvida alguma um dos maiores jogadores na história do Hóquei no Gelo da NHL, e não é por menos, já que entre os anos de 1984 e 1985 conseguiu a impressionante sequência de 51 jogos consecutivos marcando pelo menos um gol em cada partida, na verdade um ponto, já que o gol nesse esporte é chamado de Score pelos americanos. Por volta do anos de 2010, Sidney Crosby, um dos melhores jogadores da era recente, conseguiu 25 jogos seguidos, e próximo de Gretzky só Mario Lemieux que conseguiu a façanha por 46 partidas seguidas. Gretzky também é o jogador com mais gols na carreira, um total que chega a 894.

Byron Nelson
11 títulos consecutivos no PGA
O golfe vive dias diferentes do que se viu a pouco tempo atrás, principalmente porque o melhor jogador de todos os tempos ficou um período sem ganhar títulos. Tiger Woods tem inúmeras vitórias no currículo, ainda busca o recorde de 18 Majors conseguido por Jack Nicklaus, mas certamente jamais vai superar uma outra marca histórica obtida por Byron Nelson em 1945. O jogador pode até ter aproveitado o período fraco devido à Segunda Guerra Mundial, as ausências de Snead e Ben Hogan e outros fatores, mas isso pouco importa para ele, pois sua sequência de 11 títulos seguidos em 11 torneios do PGA jamais foi superada até hoje, para se ter uma ideia Woods conseguiu seis e depois sete títulos seguidos, e isso foi quando ele ganhava muito, algo que hoje em dia já não acontece mais com tanta frequência, principalmente porque ele já está com 44 anos de idade (2020).

Cal Ripken
2362 jogos consecutivos na MLB
Uma esperança para que um dia as marcas citadas até aqui sejam quebradas é o recorde de Cal Ripken. O jogador de beisebol conseguiu entre os anos de 1982 e 1998 a incrível marca de atuar em nada a menos do que 2632 jogos consecutivos, é a maior marca da história, que acabou superando a marca de um lendário jogador do Yankees, Lou Gehrig, o atleta que havia feito 2130 jogos seguidos por sua equipe. Para se ter uma ideia Gehrig é o único jogador com mais da metade dos jogos conseguidos por Ripken, depois deles só aparece Everett Scott com 1307, ou seja, dessa vez parece mesmo que esse recorde jamais será quebrado novamente. Ripken jogou a vida todo no Baltimore Orioles e encerrou sua carreira em 2001.

Joe DiMaggio
56 jogos seguidos com rebatida na MLB
Para finalizar as maiores sequências esportivas e inquebráveis da história, o recorde de conseguir pelo menos uma rebatida válida durante 56 jogos seguidos obtido pelo lendário e épico Joe DiMaggio no beisebol da MLB. O New York Yankees jamais esquecerá de um dos seus maiores jogadores, um jogador que conseguiu essa marca com algum tipo de sorte segundo constataram os especialistas, já que foram feitas simulações e mesmo o próprio Joe DiMaggio levaria 18519 anos para fazer o que fez novamente. Mesmo assim a história fala o contrário, porque depois que a sequência de 56 partidas seguidas rebatendo foi quebrada, DiMaggio ficou apenas um jogo sem rebater, conseguindo voltar à sua rotina em seguida por mais 16 jogos. Próximo dele só Pete Rose em 1978, com 44 jogos seguidos e Willie Keeler, que fez 45, sendo 44 na mesma temporada.

Menções honrosas

Anderson Silva - 16 vitórias consecutivas no UFC
Brett Favre - 297 partidas consecutivas como titular na NFL
Richard Petty - venceu 10 corridas consecutivas da NASCAR
Kelly Slater - 5 títulos mundiais consecutivos de surfe
Yasuhiro Yamashita - 203 lutas de judô consecutivas sem perder (7 empates)

0 comentários: