Ele brilhou .... mesmo em último lugar

10:48 Net Esportes 0 Comments

preakness
A edição de número 144 do Preakness Stakes estava triste e melancólica. O treinador de Country House alegou que seu cavalou estava com um vírus e não poderia correr em Maryland. Foi a primeira vez desde 1996 que o vencedor do Kentucky Derby não correu o Preakness. Assim sendo, não haveria mais qualquer possibilidade de tríplice coroa neste ano de 2019, e foi com esse motivo que Maximum Security também desistiu. Ele havia sido o primeiro colocado no Kentucky, mas foi desclassificado por ter interferido na corrida de outros cavalos. Code of Honor e Tacitus acabaram por desistir também e, pela primeira vez desde 1951 (sem contar a desclassificação), os quatro primeiros colocados do Kentucky Ferby ficaram de fora do Preakness Stakes.

Improbable, no entanto, iria correr para a alegria e esperança de Bob Baffert, mas mesmo sendo o segundo favorito o seu triunfo acabou se tornando improvável. Ele se viu obrigado a ver Javier Castellano conduzindo com maestria o seu Warrior’s Charge, pelo menos até a última curva quando o puro sangue inglês pareceu perder o fôlego. Por dentro surgia War of Will, que largou da primeira posição e aproveitou as vantagens de se manter por dentro da pista. Charge não deu uma de Security e deixou o rival passar, caindo para quarto lugar. Com uma arrancada final impressionante, War of Will não deu chances para Everfast e Owendale, vencendo com o melhor tempo desde 2007.

Festa para Tyler Gaffalione e Mark Casse, mas não é deles que todos estão falando. Tudo porque enquanto War of Will vencia com louvor, um outro cavalo chamava mais a atenção porque corria sozinho, literalmente. Bodexpress não tinha muita chance de brigar pela vitória saindo da posição número 9, pior ainda quando teve dificuldades de largar assim que os portões foram abertos. O cavalo então saltou para cima e para frente, parecendo um bode, e bem rápido, no modo expresso. O jockey John Velazquez não resistiu e saiu voando pelos ares. Ele caiu sentado e por muita sorte não foi atingido pelo cavalo, que seguiu seu instinto de corredor e continuou galopando pela pista até completar a prova do Preakness Stakes.

John Velazquez é um jockey muito experiente e já ganhou duas vezes o Kentucky Derby e duas vezes o Belmont Stakes. Ao repórter preocupado ele disse que estava bem e que não precisava nem ir para o hospital. Enquanto isso Bodexpress ainda galopava pela areia do Pimlico Race Course, livre das chicotadas e feliz mesmo em último lugar e desclassificado. Quem garantia a taça e um lugar no catavento era War of Will, mas quem brilhava era Bodexpress. O nome do cavalo se tornou uma febre nas redes sociais, o assunto mais comentado no Twitter, o herói dos animais que provava poder fazer aquilo que lhe era atribuído mesmo que não houvessem uma pessoa para lhe obrigar. Ele deixou claro que na vida é possível brilhar, mesmo que seja em último lugar.

0 comentários: